Energia solar é destaque na Expointer

A 45ª edição da Expointer acontece de 27 de agosto e 4 de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

Compartilhe:

Entre as atividades econômicas mais expressivas do Rio Grande do Sul está o agronegócio.

Como forma de mostrar a força do agro, a 45ª edição da Expointer acontece de 27 de agosto e 4 de setembro, no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

No local é possível encontrar as novas tecnologias voltadas para o campo, que estão em constante crescimento e fortalecem setor. Neste contexto, a energia solar, que tem contribuído com o desenvolvimento sustentável das propriedades rurais em solo gaúcho, estará em destaque no evento.

De acordo com dados da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica) a geração fotovoltaica dentro do agronegócio segue em ritmo acelerado.

Como exemplo disso, nos seis primeiros meses de 2021, os números apontavam para cerca de 43 mil sistemas instalados no campo. No mesmo período, em 2022, eles representam mais de 84,4 mil sistemas, contabilizando um crescimento de praticamente 100%.

O Rio Grande do Sul ocupa o terceiro lugar no Brasil em potência instalada, com 1.313,3 MW, o que representa 11,6% da matriz brasileira. Conforme a Absolar, a potência instalada em solo gaúcho é de 1.589,87 MW, a geração de empregos atingiu mais de 47,6 mil postos, sendo R$ 11,20 bilhões em investimentos e R$ 2,36 bilhões em arrecadação.

A coordenadora Estadual da Absolar e diretora da Solled Energia, Mara Schwengber, salienta sobre esta relação que está em constante crescimento, visto os diversos benefícios dos sistemas fotovoltaicos para o agronegócio.

“Não só contribui para que a produtividade seja cada vez maior, mas, sim, auxilia na sustentabilidade do negócio como um todo, impactando na economia do Estado, dada a importância que o agro representa para os gaúchos e também para o Brasil”, destaca Mara.

energia solar expointer
Foto: Divulgação

Compartilhe: