Coro Sinfônico da Ospa apresenta concertos especiais em Dois Irmãos e Porto Alegre

Os dois concertos têm entrada franca e compartilham o repertório, que vai da música de concerto à popular.

Compartilhe:

Um dos principais grupos corais do Rio Grande do Sul, o Coro Sinfônico da Ospa é formado por cantores voluntários que se reúnem semanalmente para recriar grandes obras junto à  Ospa (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre).

Há cerca de seis anos, o Coro iniciou também uma série de apresentações sem a orquestra, nas quais encontra espaço para exibir seus talentos e ampliar o repertório.

Após três anos sem poder realizar concertos nesses moldes, chegou o momento da retomada. Há semanas os cantores vêm se preparando para duas apresentações muito especiais nos domingos deste mês: no dia 21, no Espaço Cultural Antiga Matriz, em Dois Irmãos, e no dia 28, na Casa da Ospa, em Porto Alegre.

Os dois eventos têm entrada franca e compartilham o repertório, que vai da música de concerto à popular.

Atualmente, o Coro está com aproximadamente 70 artistas, há integrantes que participam há quatro décadas e outros recém-chegados por meio de seleção.

O regente do coro Manfredo Schmiedt, que conduzirá o espetáculo, escolheu um repertório que pudesse dar visibilidade às vozes que se destacam.

“Conhecendo as diferentes qualidades de cada um dos nossos cantores, buscamos oportunizar neste concerto a possibilidade de solarem. Para muitos, esta é uma primeira oportunidade que poderá alavancar um estudo mais aprofundado de canto”, disse.

Além dos solistas oriundos do coro, dois integrantes da equipe artística também marcam presença no concerto: a professora de técnica vocal, Elisa Machado, e o pianista Eduardo Knob, que abre o evento com a música “A Lenda do Caboclo”, de Heitor Villa-Lobos.

Já a Insônia Rock N’ Roll Band se juntará ao grupo para executar um repertório mais popular, que inclui “Barcelona”, imortalizada na voz de Freddie Mercury e Montserrat Caballé, “Bohemian Rhapsody”, do Queen, e as músicas “Circle of Life” e “Hakuna Matata”, do filme “O Rei Leão”.

Do repertório erudito, destaca-se a estreia da versão para coro e piano da obra “O Mapa”, do compositor gaúcho Dimitri Cervo, composta sobre a poesia homônima de Mário Quintana.

Outro momento importante será “Hino ao Sol para coro, solo e piano”, composição de 1912 da francesa Lili Boulanger, e duas homenagens a efemérides: os 150 anos de nascimento do compositor inglês Vaughan Williams são lembrados com “Serenade to Music” sobre o texto da peça o “Mercador de Veneza”, de William Shakespeare, com a participação da violinista Brigitta Calloni; já os 160 anos de nascimento do compositor francês Claude Debussy são homenageados com “Salut Printemps”, com texto do Conde De Ségur.

A apresentação em Dois Irmãos é a primeira viagem do Coro em mais de três anos e marca o retorno do conjunto ao Espaço Cultural Antiga Matriz, onde esteve em 2017, com enorme sucesso.

O local, que é um dos 25 bens tombados do município, recebe a apresentação como parte das comemorações do Dia Estadual do Patrimônio Cultural.

Concertos do Coro Sinfônico da OSPA 

Concerto em Dois Irmãos
Concerto: Domingo, 21 de agosto de 2022, às 18h.
Onde: Espaço Cultural Antiga Matriz (Av. São Miguel 473, Centro), em Dois Irmãos – RS.

Concerto na Casa da OSPA
Concerto: Domingo, 28 de junho de 2022, às 17h.
Onde: Casa da OSPA (CAFF – Av. Borges de Medeiros, 1.501, Porto Alegre, RS).

Foto: Vitória Proença/Divulgação

Compartilhe: