Quais as chances do Grêmio de subir para a Série A do Brasileirão?

Compartilhe:

Após um início irregular e com resultados que desagradaram a torcida, o Grêmio tem conseguido uma consolidação importante na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Atualmente, o time é o 4º colocado, com 37 pontos. Com isso, o time gaúcho está entre os times que sobem para a elite do futebol nacional no ano que vem.

De acordo com o prognóstico esportivo de especialistas em matemática e também comentaristas esportivos, o Grêmio tem muitas chances de conquistar uma vaga na Série A do Brasileirão em 2023.

Com 58.7% de aproveitamento após 21 jogos disputados, o Tricolor tem 10 empates, nove vitórias e apenas duas derrotas, com 21 gols marcados e 7 sofridos (a melhor defesa do campeonato).

Assim, levando em conta um histórico recente de edições da Série B do Brasileirão, e também analisando a projeção de pontos que o Grêmio deve fazer nas próximas rodadas da competição, é possível afirmar que o time de Diego Souza e companhia já conquistou mais da metade dos pontos necessários para conseguir o acesso à elite do Brasileirão.

Segundo as contas feitas pelo departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o time que chegar aos 66 pontos tem 100% de chance de subir para a Primeira Divisão.

De acordo com o levantamento feito pelo matemático, que é especialista nos cálculos que envolvem competições de pontos corridos no futebol nacional, o Grêmio já angariou 56% da pontuação necessária para voltar à Série A do Campeonato Nacional. Deste modo, mais da metade do caminho já foi percorrido pelo Imortal rumo à elite do futebol nacional.

Para além dos cálculos matemáticos, o Grêmio também está de olho no retrospecto passado de times que subiram para a Série. A intenção é ter no radar a pontuação de clubes que não foram campeões, mas que conquistaram uma das vagas para retornar à elite.

No ano passado, o Avaí, que hoje luta para se manter na Série A, conseguiu terminar o campeonato no G4 com 64 pontos. Em 2018, o Goiás alcançou o acesso com apenas 60 pontos conquistados, seis pontos a menos do que projeção matemática feita para uma das vagas em 2022.

  • 2021 – Avaí, com 64 pontos
  • 2020 – Cuiabá, com 61 pontos
  • 2019 – Atlético-GO, com 62 pontos

Para o torcedor do Grêmio, que já disputou uma edição da Série B, o mais importante é voltar à elite. Ainda de acordo com as projeções, a equipe tem apenas 8% de chances de título, a partir do desempenho de clubes como Vasco da Gama e Cruzeiro, que devem brigar pela ponta até o final.

“Não dá para dizer que teremos mais tranquilidade, o certo é que o cenário é de otimismo principalmente por estarmos conseguindo conciliar boas atuações com os resultados de campo”, explicou o técnico durante coletiva à imprensa há duas semanas.

Ainda assim, é importante dizer que segundo os cálculos matemáticos,o Grêmio tem 83.85% de chance de subir em uma das outras três vagas para além do campeão, o que realmente importa para a torcida e a diretoria neste momento.

“Se a gente fizer uma comparação da primeira divisão com a segunda divisão, a pontuação que a gente está hoje, é a pontuação de no máximo segundo colocado porque dois times descolaram muito cedo no campeonato e isso pareceu que os outros estavam atrasados, mas estamos com quase 60% de aproveitamento, o Cruzeiro com 80%”, concluiu o treinador.


Compartilhe: