BR-116 tem congestionamento após queda de postes em Canoas

Ainda não há previsão de quando a pista lateral da BR-116 será liberada. Na Base Aérea de Canoas, as rajadas chegaram aos 120,5 km/h.

Compartilhe:

A BR-116, em Canoas, tem muito congestionamento na manhã desta terça-feira (16) após o temporal que atingiu a cidade ontem à noite. Postes de energia elétrica caíram por causa da força dos ventos. Na Base Aérea de Canoas, as rajadas chegaram aos 120,5 km/h.

Por causa dos danos na rede de distribuição de energia elétrica, a avenida Getúlio Vargas, pista lateral da BR-116, tem bloqueio total a partir da rua Siqueira Campos, no sentido Interior-Capital. O ponto de referência é um pouco antes do motorista passar pela frente do hipermercado Bourbon.

Por causa da interrupção de tráfego, os motoristas estão sendo orientados a entrarem em Canoas ou acessarem a pista principal da BR-116, na altura do quilômetro 264. Também há bloqueio na região do quilômetro 265, no viaduto da Metrovel (também conhecido como viaduto da Cautol).

A lentidão já passa de oito quilômetros e começa no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio. Opções aos motoristas que precisam se deslocar para a Capital são evitar a 116, ingressando pela BR-448, em Sapucaia do Sul; ou pela BR-386, em Canoas e, posteriormente, prosseguindo pela Rodovia do Parque até Porto Alegre.


Compartilhe: