Saúde identifica irregularidades em vistoria noturna a estabelecimentos de Porto Alegre

A força-tarefa esteve em uma lancheria no bairro Jardim Carvalho e em três pizzarias. Uma delas fica no Morro Santana e duas no Jardim Itu-Sabará

Compartilhe:

Quatro vistorias realizadas por agentes da Saúde de Porto Alegre, na noite desta quarta-feira (27), em estabelecimentos da Capital, encontraram alimentos impróprios para consumo, condições precárias de higiene, além de irregularidades trabalhistas. Ao todo, cinco notificações foram lavradas, com prazos imediatos e de 15 dias.

As vistorias foram efetuadas por servidores da EVA (Equipe de Vigilância de Alimentos) e do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador) da SMS (Secretaria Municipal de Saúde), em conjunto com policiais da Decon (Delegacia do Consumidor).

A força-tarefa esteve em uma lancheria no bairro Jardim Carvalho e em três pizzarias. Uma delas fica no Morro Santana e duas no Jardim Itu-Sabará. Todos os locais têm funcionamento apenas noturno. Uma vistoria foi realizada por denúncia ao serviço 156. As demais ocorreram de forma aleatória, por amostragem.

No estabelecimento do Jardim Carvalho, foram apreendidos 10 quilos de alimentos impróprios ao consumo humano. Também foram detectadas condições precárias de higiene e ausência de kit para higienização de mãos.

Nas pizzarias do Morro Santana e em uma do Jardim Itu-Sabará não havia kit para higienização de mãos para uso de manipuladores de alimentos. Na outra pizzaria, além de problemas sanitários, havia irregularidades trabalhistas, com funcionários desenvolvendo três funções simultâneas: manipulação de alimentos, manuseio de dinheiro e limpeza do ambiente.

Além das notificações, um dos estabelecimentos foi notificado para adequar a documentação para o ramo de indústria. A prefeitura ressalta que suspeitas de irregularidades em estabelecimentos que comercializam alimentos – como minimercados, mercados, supermercados, lancherias e restaurantes, entre outros – devem ser denunciadas para a EVA por meio do serviço 156.


Compartilhe: