Quatro estabelecimentos são autuados durante fiscalização em Cidreira

Compartilhe:
Operação ocorreu em Cidreira, no Litoral Norte. Foto: Ministério Público do Rio Grande do Sul / Divulgação

Quatro estabelecimentos foram vistoriados e autuados durante fiscalização do Programa Segurança Alimentar RS. A ação desta quarta-feira (27) ocorreu no município de Cidreira, no Litoral Norte. No total, 600 quilos de alimentos impróprios para consumo foram apreendidos e inutilizados.

Conforme o MPRS (Ministério Público do Rio Grande do Sul), os locais apresentavam alimentos sem rotulagem adequada. Dentre os problemas adequados estão informações faltantes, carnes sem selo de inspeção, sem procedência e armazenados de forma irregular.

Um dos estabelecimentos fiscalizados atuava como bazar, mas realizava venda de carnes congeladas de forma irregular. Segundo o MP, o valor cobrado dos clientes era abaixo do praticado por vendedores regulares, as peças estavam com prazo de validade vencido e não tinham procedência.

O MPRS não divulga o nome dos estabelecimentos fiscalizados em Cidreira. Participaram agentes o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) – Segurança Alimentar, representantes da Vigilância Sanitária Municipal de Cidreira, SES (Secretaria Estadual da Saúde), Secretaria Estadual da Agricultura, SEAPDR (Pecuária e Desenvolvimento Rural), Patram (Patrulha Ambiental da Brigada Militar) e Decon (Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor), da Polícia Civil.

Segunda cidade com irregularidades no Litoral Norte

Ontem, em Santo Antônio da Patrulha, 750 quilos de alimentos impróprios para consumo humano foram apreendidos e inutilizados. Um dos locais teve a padaria, o açougue e o depósito interditados. Os outros três estabelecimentos foram autuados.

Durante as vistorias, os agentes encontraram produtos com a validade vencida, armazenados de forma inadequada e falta de procedência. Também foi detectada alterações de cor, textura e odor em carnes fracionadas. Uma mosca foi encontradas em uma das peças.

Pedaços de frango sem identificação e salsichão condicionados de maneira irregular também foram encontrados. Os produtos deveriam estar congelados, mas estavam apenas resfriados.


Compartilhe: