PSB oficializa o nome de Beto Albuquerque como candidato a governador do RS

Candidato, que positivou para Covid-19 nesta semana, participou da convenção estadual do PSB de maneira remota.

Compartilhe:

O ex-deputado federal Beto Albuquerque será o candidato do PSB (Partido Socialista Brasileiro) ao governo do Estado do Rio Grande do Sul. A convenção estadual do partido foi realizada o Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre neste sábado (23). Também foram aprovadas as nominatas à Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

Beto Albuquerque, que positivou para Covid-19 nesta semana, participou da convenção de maneira remota. Ele criticou o atual governo na condução da renegociação da dívida gaúcha com a União e as “privatizações desenfreadas”.

“Vivemos um momento que é preciso formar pactos em torno de compromissos comuns. E acima de tudo, o Rio Grande do Sul precisa se unir para defender os que mais precisam”, afirmou o candidato. “É hora de priorizar o Rio Grande do Sul e não os partidos políticos. Eu luto por união e compromisso com os gaúchos e gaúchas, a partir de um projeto que prioriza a educação e quem mais precisa, deixando sempre claro que meus inimigos são a fome, o desemprego e as filas da saúde. Reerguendo a educação, reergueremos o nosso Rio Grande”, concluiu.

A convenção eleitoral autorizou, ainda, que a executiva estadual dê continuidade nas tratativas para composição e ajustes da chapa majoritária na próxima semana, além de concluir as nominatas proporcionais. Os nomes para vice-governador e Senado ainda estão em aberto e o partido não descarta a possibilidade de o PSB disputar o pleito com “chapa pura”, ou seja, sem fazer acordo com outros partidos.

Ao todo, o PSB terá 63 nomes para disputar a Assembleia Legislativa e a Câmara dos Deputados. São 39 candidaturas a deputado estadual e outras 24 para deputado federal.


Compartilhe: