Polícia investiga morte de bebê de dois meses em Santa Maria

A principal hipótese é que o bebê tenha morrido por causa do frio. Caso é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente de Santa Maria.

Compartilhe:

A Polícia Civil abriu inquérito policial para investigar a morte de um bebê de apenas dois meses de idade em Santa Maria, na região Central do Estado. A criança deu entrada, já sem vida, por volta das 9h30 da manhã de domingo (17) no Pronto-Atendimento do bairro Patronato.

Conforme a Brigada Militar, a corporação foi acionada por médicos da unidade de saúde. Eles informaram à polícia a entrada na unidade de saúde de uma criança de dois meses, em óbito, trazida pela mãe.

A mulher, de 27 anos, foi conduzida à Delegacia de Polícia para prestar depoimento. Ela disse aos policiais que acordou durante a madrugada de domingo (17) e percebeu que o filho estava “um pouco roxo”. A mulher afirmou que cobriu a criança novamente. Depois, voltou a dormir. No entanto, ao acordar pela manhã, a mulher decidiu levar o menino até uma unidade de saúde pois havia percebido que “o filho não estava bem”.

A principal hipótese é que o bebê tenha morrido por hipotermia, ou seja, por causa do frio. Uma perícia foi realizada para determinar a causa da morte do menino. Ainda não há prazo para a conclusão do exame.

O caso foi registrado na DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente). “O resultado da necropsia será fundamental. Faremos todas as diligências necessárias para esclarecer as circunstâncias da morte”, afirmou o delegado Gabriel Zanella, que responde interinamente pela DPCA, à rádio CDN, de Santa Maria.

Em 2009, a mulher havia sido investigada pelo falecimento de outro filho, também de dois meses de idade, em um contexto parecido. Na época, o exame de necropsia não conseguiu determinar a causa da morte. Também não foram constatados indícios de que a criança pudesse ter sofrido agressões ou tivesse sido negligenciada pela mãe.


Compartilhe: