Pelotas tem queda de árvores e falta de luz após temporal

No Aeroporto João Simões Lopes Neto, em Pelotas, as rajadas de vento chegaram aos 74 km/h.

Compartilhe:

Fortes áreas de instabilidade atingiram o município de Pelotas, na região Sul do Estado, na noite desta segunda-feira (11). A cidade teve registro de queda de árvores, cortes no fornecimento de energia elétrica por causa do vento e da chuva intensa, que veio acompanhada de granizo em alguns bairros.

O temporal teve ventos de até 70 km/h (quilômetros por hora), conforme dados do Agromet (Laboratório de Agrometeorologia da Embrapa). No Aeroporto João Simões Lopes Neto, em Pelotas, as rajadas de vento chegaram aos 74 km/h, conforme dados da REDEMET (Rede de Meteorologia do Comando da Aeronáutica).

O Corpo de Bombeiros de Pelotas registra chamados de queda de galhos, árvores e postes em vários pontos da cidade. No entanto, ainda não há um levantamento do total do número de ocorrências porque a prioridade é o atendimento da população.

A passagem da tempestade deixa mais de 120 mil clientes sem luz entre a Campanha e o Sul do Estado. Ainda não há previsão de quando o serviço de energia será restabelecido na região.

Em Santa Vitória do Palmar, há o registro de quatro destelhamentos de residências por causa dos ventos fortes.


Compartilhe: