No último minuto, Inter faz 1 a 0 em casa no América-MG pelo Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Inter vai a 28 pontos e agora é o 3º colocado da competição nacional.

Compartilhe:

O Inter venceu o América-MG por 1 a 0, no Beira-Rio, na noite desta segunda-feira (11). A partida foi válida pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Moisés marcou para o Inter no minuto final.

O jogo teve superioridade do Inter durante boa parte do tempo. Na primeira etapa o Inter controlou as ações, chegando sobretudo em jogadas pelos lados de campo, quase sempre com cruzamentos rasteiros. Porém faltava presença de área ao Inter, que voltou a carecer de um centroavante.

No segundo tempo, a situação se manteve. Mano fez trocas, mas nada de gol do Inter. O América praticamente só se defendia, mas, já na parte final, quase marcou duas vezes.

Mas, quando a situação já era de aflição o Inter marcou. No minuto final do segundo tempo, Moisés fez o gol da vitória. Johnny pegou um rebote de escanteio e colocou na área. A bola passou por Moledo e chegou para Moisés, que colocou nas redes.

Para aumentar a tensão, o VAR interveio para analisar o lance. Mas, em seguida o gol foi validado.

Primeiro tempo

A primeira chegada do Inter foi com Heitor. Ele chutou cruzado da direita e a bola passou em frente ao gol.

Os minutos seguintes foram de bolas alçadas do Inter. Aos 13, David chutou fraco de dentro da área para defesa de Matheus Cavichioli.

O Inter pressionava. Aos 17, David teve nova chance, dessa vez de cabeça. A bola passou ao lado do gol.

O Inter conseguia jogadas tramadas, principalmente pelos lados, mas faltava um último toque de qualidade. David também tinha dificuldade em fazer o papel de homem de finalização.

O América pouco fazia, mas quando chegou, já no fim do primeiro tempo, causou grande susto, com Pedrinho. Seria o último lance da etapa inicial.

Segundo tempo

Mano não fez trocas no intervalo. E o quadro do segundo tempo permanecia semelhante ao do primeiro tempo. O América estava recuado, o que obrigava o Inter a trabalhar pelos lados e explorar bolas alçadas.

Aos 15, Taison sentiu lesão muscular e precisou ser substituído. Entrou Maurício. Na mesma leva, saiu David e entrou Wesley Moraes.

O Inter chegou aos 22, em tabela que terminou com finalização de Pedro Henrique. Sobre o gol. No lance seguinte, novamente Pedro Henrique finalizou. Dessa vez Matheus Cavichioli defendeu.

O Colorado seguia tentando, mas quem perigou perto do fim foi o América. Primeiro aos 33, em jogada com erro de Johnny e intervenção providencial de Daniel, e, depois, aos 38, em chute de Matheusinho, também defendido pelo goleiro Colorado.

A equipe gaúcha insistia, mas o gol não chegava. Parecia que não ia dar. Até que, no instante final, aos 49, Johnny pegou um rebote de escanteio e cruzou novamente para a área. A bola passou por Moledo e chegou para Moisés fazer o gol.

O Beira-Rio, assim como na partida contra o Colo-Colo, veio abaixo. O VAR, porém, interveio para checar o lance, o que criou um clima de tensão no Gigante da Beira-Rio.

A dúvida era se a bola havia tocado ou não em Moledo antes de chegar em Moisés, o que poderia configurar impedimento do lateral colorado. Mas, na sequência, o gol foi validado, trazendo alívio e festa para os colorados.

Situação e próximo jogo

Com o resultado, o Inter vai a 28 pontos e agora é o 3º colocado da competição nacional. O próximo jogo do Inter pelo Brasileiro é contra o Athletico-PR. A partida será disputada na Arena da Baixada, no sábado (16), às 16h30.

Escalações

Inter

Daniel; Heitor (Johnny), Moledo, Mercado e Moisés; Gabriel, Edenilson, Pedro Henrique (Caio Vidal), Taison (Maurício) e De Pena (Boschilia); David (Wesley Moraes) –4-5-1Técnico: Mano Menezes.

América-MG

Matheus Cavichiolli; Patric, Conti, Luan Patrick e Marlon (Danilo Avelar); Lucas Kal, Juninho, Alê (Carlos Alberto) e Índio Ramírez (Matheusinho); Felipe Azevedo (Aloísio) e Pedrinho (Iago Maidana) –4-4-2Técnico: Vagner Mancini

Arbitragem

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliar: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)
Auxiliar: Daniel Paulo Ziolli (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)


Compartilhe: