Juventude fica no 0 a 0 com o Goiás no Alfredo Jaconi pelo Campeonato Brasileiro

O segundo tempo teve de tudo para os jaconeros. Pênalti perdido, gol anulado e bola na trave

Compartilhe:

O Juventude empatou em 0 a 0 com o Goiás na manhã deste domingo (17). A partida foi disputada no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, e foi válida pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O primeiro tempo teve momentos de boa disputa. Porém, não houve nenhuma chance realmente boa. A equipe da casa evitava se livrar da bola, buscando jogadas armadas por baixo. O Goiás, que tinha menos a bola, causou sustos quando foi ao ataque.

No segundo tempo, o Juventude não tinha alternativa. Precisava ir ao ataque de qualquer maneira para reverter sua situação na tabela. E teve de tudo para os jaconeros. Pênalti perdido, gol anulado e bola na trave. Porém, o placar não saiu do zero em Caxias do Sul.

Primeiro tempo

O jogo começou estudado. O Juventude, assim como no jogo contra o Coritiba, evitava chutões e saía jogando desde a defesa, recorrendo inclusive ao goleiro César para realizar a troca de passes.

O Goiás não fazia por menos e também apostava em jogadas tramadas. Aos 5, os visitantes assustaram, em cabeçada de Reynaldo.

Nos minutos seguintes, ambas as equipes conseguiam se aproximar da área. Porém, nenhum lance era realmente perigoso.

Aos 25, o jogo esquentou. O Goiás chegou aos em chute de dentro da área de Pedro Raul. O Juventude respondeu no lance seguinte.

Depois dos 30, o Juventude ensaiou uma pressão. Chegou aos 33, em cabeçada de Ricardo Bueno. E, depois, teve nova chance aos 35. O primeiro tempo terminou com o Ju com mais posse, porém os visitantes chutaram mais.

Segundo tempo

E o Ju entrou no segundo tempo disposto a vencer. Aos 3, Moraes desperdiçou chance de dentro da área. Aos 7, Rodrigo Soares cruzou e Ricardo Bueno, de voleio, chutou sobre o gol.

Aos 9, o árbitro marcou mão na bola de Yan Souto. Pênalti para a equipe gaúcha. Ricardo Bueno deslocou o goleiro, mas a bola foi para fora.

Mas o Ju não desistiu. Os Jaconeros encaparam a zona de ataque e seguiam tentando o gol. Até que, aos 22, em uma dessas jogadas, após revisão do VAR, um gol do Juventude foi anulado. A bola bateu no braço de Thalisson antes de entrar.

A sorte, de fato, não parecia estar do lado do Ju. Aos 35, Pitta cabeceou um cruzamento da direita, e a bola vai no travessão. O Juventude fez de tudo, foram 17 chutes na etapa final.

Mesmo com todo um turno do campeonato a ser jogado, a situação da equipe de Caxias do Sul é cada vez mais dramática.

Situação e próximo jogo

Agora, são oito jogos sem vitória para o Juventude, que segue no Z-4. A equipe de Caxias do Sul é 19ª colocada, com 13 pontos. Mas, caso o Fortaleza vença o Atlético-GO, às 18h, o Juventude será o lanterna da competição nacional.

O próximo jogo da equipe de Caxias do Sul pelo Campeonato Brasileiro é contra o Flamengo, no Mané Garrincha. A partida será realizada na quarta-feira (20), às 20h30.

Escalações

Juventude

César; Rodrigo Soares, Thalisson, Rafael Forster e Moraes; Jadson (Bruninho) e Jean Irmer (Elton); Paulo Henrique, Marlon (Pitta) e Edinho (Óscar Ruiz); Ricardo Bueno (Vitor Gabriel) –4-5-1Técnico: Umberto Louzer

Goiás

Tadeu; Yan Souto, Reynaldo e Caetano; Maguinho, Caio Vinícius (Auremir), Matheus Sales (Luan) , Vinícius (Danilo Barcellos) e Diego; Dadá Belmonte (Hugo) e Pedro Raul (Nicolas)- 3-5-2Técnico: Jair Ventura

Arbitragem

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Auxiliar: Alex Ang Ribeiro (SP)
Auxiliar: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)


Compartilhe: