Com um jogador a menos, Grêmio empata com a Chapecoense

Com o resultado, o Grêmio chega a 37 pontos na tabela, mas pode perder a segunda posição durante a rodada.

Compartilhe:

O Grêmio segue sem vencer fora de casa na Série B do Campeonato Brasileiro 202. Desta vez, o adversário foi a Chapecoense, pela 21ª primeira rodada da competição.

Com um a menos durante todo o segundo tempo, após Bitello ser expulso aos 30 minutos do primeiro tempo, o time do técnico Roger Machado deixa a cidade catarinense com um pontinho conquistado, após empatar em 0 a 0.

Com o resultado, o Grêmio chega a 37 pontos na tabela, mas pode perder a segunda posição durante a rodada.

Roger repetiu a mesma escalação, que venceu a Ponte Preta no último sábado na Arena. Não demorou muito para o Grêmio ter a primeira grande oportunidade.

Aos 2 minutos do primeiro tempo, após Maílton escorregar na defesa, Ferreira avançou para a grande área e encontrou Campaz. Ele foi até a linha de fundo, cruzou rasteiro e a bola passou por todo mundo, no momento da finalização, Biel chutou em cima da defesa.

Depois deste lance, a equipe gremista seguiu com iniciativa e tentou encontrar uma brecha para abrir o marcador. Mas aos poucos o jogo ficou equilibrado, e os donos da casa também tentavam furar a defesa gremista, mas não chegavam a dar trabalho para Gabriel Grando.

A equipe tricolor tinha uma maior posse de bola, mas foi no contra-ataque, que Campaz quase marcou o primeiro, aos 21’. Após escanteio da Chapecoense, Grando tirou de soco e a bola sobrou para o camisa 7, que avançou em velocidade, com três defensores na marcação, e conseguiu chutar para o gol, mas Saulo espalmou.

Aos 30 minutos de jogo, Bitello foi expulso, após chegada forte em Perotti. A partir do lance, o Grêmio passou a atuar com um a menos.

Roger Machado optou por modificar o time. Lucas Leiva entrou na vaga de Campaz. O tempo passava, e mesmo com um a mais, a equipe adversária seguiu sem dar sustos na defesa gremista. O primeiro tempo terminou sem gols e sem muitas finalizações.

Segundo tempo

O Grêmio voltou para a segunda etapa sem modificações e, assim como no primeiro tempo, a primeira chance clara de gol foi do Grêmio.

Diego Souza recebeu na grande área, avançou, driblou o marcador e tentou uma cavadinha sobre Saulo, mas a bola desviou na defesa.

A Chapecoense, com um a mais, passou a pressionar o Grêmio. Aos 10 minutos, Fernando tentou a finalização de fora da área, mas Grando pegou firme. O goleiro gremista seguiu trabalhando.

Já a equipe do Grêmio seguiu dando prioridade para a marcação e conseguiu segurar o placar. Aos 49 minutos do segundo tempo, Grando realizou uma grande defesa, a última da partida.

Perotti cabeceou no canto da meta, após escanteio, e o goleiro gremista estava lá para defender à queima roupa, garantindo o empate.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Guarani, fora de casa.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

 

Coletiva

Na zona mista, o jogadores do Grêmio comemoraram o empate contra a Chapecoense.

“Acho que é um ponto ganho. A gente tem que pensar em coisas positivas, que vai atrair coisas positivas para nós. Estamos em sequência positiva, de vitórias dentro de casa, então esse ponto vai fazer total diferença lá na frente”, disse o lateral Nicolas.

“Primeiro é valorizar esse ponto. 60 minutos com um a menos não é fácil. Tivemos até uma oportunidade, ou duas, pra matar o jogo. Eles tiveram mais posse de bola, mas não tiveram nenhuma chance claríssima. Mais um aprendizado pra nós”, completou Lucas Leiva.

“Acredito que, dentro das circunstâncias, foi uma boa atuação. Obviamente, a gente sempre pensa na vitória, mas acho que é melhor a gente valorizar esse ponto”, finalizou Lucas.

Já Geromel ressaltou a sequência de 15 jogos sem perder na Série B. “Feliz em bater o recorde, na Série B, de jogos invictos de algum clube. Continuar no G-4, que é o nosso objetivo e trabalhar pra, na outra semana, conseguir os 3 pontos”, disse.


Compartilhe: