Inter perde para o Palmeiras e termina o 1º turno do Brasileirão fora do G-6

O próximo jogo do Inter pelo Brasileiro é contra o Atlético-MG, no Beira-Rio

Compartilhe:

O Inter perdeu por 2 a 1 para o Palmeiras, no Allianz Parque, na tarde deste domingo (24). Após um um primeiro tempo ruim, o Colorado chegou a ter esperança com Alemão. Mas Gabriel Menino recolocou o Palmeiras em vantagem nos instantes finais.

O Colorado não viu a bola durante todo o primeiro tempo. Abel Ferreira venceu o duelo de estratégias. Controlou a posse, recuperava a bola com rapidez e, nas poucas vezes que o Inter passava o meio campo, o Verdão reagia com uma transição muito veloz.

De um lado, Dudu incomodava Mercado. Em uma dessas jogadas saiu o gol do Palmeiras. Do outro lado, Scarpa, com um misto de classe e agressividade, criava espaços pelo lado esquerdo da defesa do Inter.

Leia mais notícias sobre Inter

Na segunda etapa, Mano ousou com trocas mais ofensivas e o Inter teve mais chances contra o Palmeiras. Verdão que, ao mesmo tempo, se acomodou na partida, mas também preferiu apostar mais em escapadas.

E foi de uma das substituições que saiu o gol da equipe gaúcha. Edenilson encontrou Alemão, que deu um chutaço, superando Weverton. O Inter, que está no mercado atrás de centroavante, encontrava uma solução para a posição dentro do plantel.

Mas o Palmeiras voltou à frente do placar com Gabriel Menino, aos 42 minutos. O Inter não teve forças para reagir.

Primeiro tempo

O Palmeiras começou assustando, em uma escapada que teve belo lançamento de Scarpa e finalização de Dudu. Passou perto.

O Verdão tinha o controle do jogo. Tocava a bola com imposição, sempre passando por Scarpa e Dudu nos lados do campo. O Inter não encaixava uma sequência de passes. A estratégia de desafogar com Pedro Henrique e Wanderson não funcionava.

Aos 17, após um escanteio para o Palmeiras, Dudu dominou na esquerda e levou para a linha de fundo, encarando a marcação. Ele cruzou rasteiro para o meio e Gustavo Gómez apareceu para colocar nas redes.

Após o gol palmeirense, a equipe paulista seguia superior. Tinha um poder de recuperação da bola e de envolver o Inter com os passes de impressionar, enquanto o colorado parecia até um pouco rendido diante da volúpia do adversário.

Aos 41, o VAR apareceu para auxiliar o árbitro a anular o que seria o segundo gol do Palmeiras. Scarpa, que vive grande fase, bateu falta. Daniel espalmou e Murilo fez no rebote. Mas o lance foi revisado.

Segundo tempo

Mano fez trocas no intervalo. Colocou Alemão e Maurício nos lugares de Wanderson e Gabriel. A ideia sem dúvida era tirar o Inter da defesa. E, aos 13, Maurício perdeu um gol de dentro da área. O chute foi demasiadamente colocado e parou no goleiro Weverton.

O Inter parecia estar melhor. Mas o Palmeiras, que estava estudando o Inter, aparentemente sentindo as investidas coloradas, reagiu aos 21, em chute de Dudu. Daniel espalmou para escanteio. Na cobrança, Scarpa, de novo ele, encontrou Zé Rafael que desviou para nova defesa de Daniel. A bola ainda foi no travessão antes de sair. Mais um escanteio, que Scarpa cobra novamente na cabeça de Zé Rafael. Dessa vez a bola foi direto no travessão.

Mas o Inter estava no jogo. Aos 31, Alemão dominou no meio do campo e chutou forte. A bola foi na trave. E Alemão estava com tudo. Aos 36, ele recebeu de Edenilson e chutou forte de novo. Dessa vez a bola estufou as redes alviverdes.

E parecia que ia dar para o Inter vencer. Mas é difícil ver o Palmeiras perder o foco em uma partida. Aos 42, Vanderlan recebeu ao lado da área pelo lado esquerdo e, assim como no primeiro gol da equipe paulista, a bola foi rasteira. Gabriel Menino, que entrara havia pouco, apareceu no meio da defesa do Inter para chutar para o gol.

Situação e próximo jogo

Com o resultado, o Colorado encerra o primeiro turno do Brasileirão com 30 pontos, na 7ª colocação. O próximo jogo do Inter pelo Brasileiro é contra o Atlético-MG, no Beira-Rio. A partida é no domingo (31), às 16h.

Escalações

Palmeiras

Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Vanderlan; Danilo (Luan), Zé Rafael e Rafael Veiga (Gabriel Menino); Gustavo Scarpa (Breno), Dudu (Wesley) e José López (Merentiel) –4-3-3Técnico: Abel Ferreira

Inter

Daniel; Mercado, Vitão, Kaique Rocha e Thauan Lara; Gabriel (Maurício), Johnny, Edenilson e De Pena (Lucas Ramos); Pedro Henrique (David) e Wanderson (Alemão) –4-4-2Técnico: Mano Menezes

Arbitragem

Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Auxiliar: Fabricio Vilarinho da Silva (GO)
Auxiliar: Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

 


Compartilhe: