Polícia investiga morte de mestre de obras em Gravataí

A vítima foi atingida por ao menos três disparos de arma de fogo.

Compartilhe:

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar a morte de um mestre de obras em Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre. A vítima foi atingida por ao menos três disparos de arma de fogo. O autor dos tiros seria um pedreiro que atuava na construção de uma casa dentro de um condomínio.

O crime ocorreu por volta das 17h30 da tarde de ontem (6). Segundo a Brigada Militar, a corporação foi acionada para atender uma ocorrência de disparos de arma de fogo dentro de um condomínio residencial. Quando os policiais chegaram ao local, encontraram a vítima já em óbito dentro de uma das residências.

Foto: Brigada Militar / Divulgação

A investigação preliminar da Brigada Militar, que foi encaminhada à Polícia Civil, aponta que o homem que morreu era o mestre de obras Adair da Silva Garcia, 44 anos. Ele teria sido interpelado por um pedreiro que atuava no local. Houve uma discussão e, logo em seguida, as testemunhas ouviram três disparos de arma de fogo.

O autor dos disparos deixou o local em um motocicleta de cor preta. Buscas foram realizadas pela Brigada Militar, mas o indivíduo suspeito do crime não foi localizado. Ele não teve a identidade divulgada pela polícia para não atrapalhar diligências em curso. A motivação da disputa entre o pedreiro e o mestre de obras ainda é desconhecida.


Compartilhe: