Ouça no Meio-Dia: a previsão do tempo para o feriado e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta quarta-feira, 15 de junho de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

A CCR ViaSul tem previsão de movimento intenso de veículos durante hoje e segunda-feira, por causa do feriadão de Corpus Christi. Só na Freeway são esperados até 355 mil veículos trafegando nos seis dias. A projeção leva em conta tanto o tráfego no sentido litoral quanto no sentido para Porto Alegre. Na saída para o litoral, nesta quarta, devem passar pela rodovia cerca de 20 mil veículos, com tráfego mais intenso a partir das 17h. Na quinta, o horário mais movimentado deve se concentrar entre 9h e 12h e a partir das 14h, com expectativa de mais de 24 mil veículos durante o dia. Já para o retorno, sentido Porto Alegre, a CCR ViaSul estima algo em torno de 35 mil veículos no domingo, quando o tráfego deve se concentrar mais a partir das 16h. A previsão da CCR ViaSul estima também aumento do tráfego na BR-386. O tráfego mais intenso nesta quarta-feira ocorre a partir das 17h. Já na quinta, o fluxo mais intenso será sentido à Capital, com quase 12 mil carros, sendo o horário mais movimentado entre 10h e 14h.

A Polícia Federal prendeu, na noite de terça-feira, um cidadão uruguaio que era procurado pela Interpol. O homem de 55 anos estava em Porto Alegre e é suspeito de matar a companheira em Montevidéu, em novembro de 2021. De acordo com a Polícia Federal, o detido estava vivendo em abrigos da Capital. O caso foi encaminhado ao Supremo Tribunal Federal, que expediu o mandado de prisão preventiva. Ele foi encaminhado ao sistema penitenciário do estado, onde deve aguardar os trâmites relativos ao processo de extradição.

O Comitê de Política Monetária do Banco Central, o Copom, se reúne nesta quarta-feira para definir a taxa básica de juros da economia, a Taxa Selic. A expectativa do mercado financeiro é que a Selic seja elevada em 0,5 ponto percentual, indo para 13,25% ao ano. Caso seja confirmado, este será o décimo primeiro aumento seguido do juro. A elevação também levará a taxa ao maior patamar desde dezembro de 2016, quando estava em 13,75% ao ano. O objetivo do Banco Central com a alta no juro é conter o aumento da inflação. O IPCA, índice que mede a inflação oficial do país, ficou em 0,47% em maio, o que aponta uma desaceleração na comparação com o mês anterior. Porém, houve acúmulo de 11,73% em doze meses. Para o ano, o mercado financeiro e o Banco Central preveem a inflação de quase 8,89%. Se confirmado, será o segundo ano seguido em que não será atingida a meta de inflação, fixada em 3,5%. Ela é considerada cumprida se o índice oscilar de 2% a 5%.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse estar “profundamente preocupado” em relação ao desaparecimento do jornalista britânico Dom Phillips. Dom e o Indigenista Bruno Pereira estão desaparecidos desde o dia 5 de junho, no Vale do Javari, no Amazonas. Esta foi a primeira vez que o líder britânico falou sobre o caso. Além de manifestar sua preocupação, ele afirmou que o Ministério de Relações Exteriores do País está trabalhando com as autoridades brasileiras e que foi oferecido ao Ministério da Justiça do Brasil “todo o apoio” que o país necessitar. Ontem, foi preso o segundo suspeito de participar do desaparecimento de Dom e Bruno. Oseney da Costa de Oliveira, de 41 anos, conhecido como “Dos Santos”, é irmão de Amarildo da Costa de Oliveira, conhecido como “Pelado”, que já estava preso no município de Atalaia do Norte. No plano jurídico, a Justiça Federal atendeu a um pedido da Defensoria Pública da União e determinou, nesta terça-feira, que a Fundação Nacional do Índio, a Funai, retire do ar uma nota publicada pelo órgão. No texto, a Funai diz serem inverídicas as afirmações de que Bruno Pereira tinha autorização para entrar na Terra Indígena Vale do Javari. Na decisão, a juíza federal Jaiza Maria Pinto Fraxe determina ainda que a Funai evite “atos tendentes a desacreditar a trajetória” do indigenista e do jornalista. Além disso, ela determinou que a presidência do órgão não se manifeste de modo a atentar contra “a dignidade dos desaparecidos ou que implique em injusta perseguição” a servidores da Funai lotados na Coordenação Regional no Vale do Javari ou à União dos Povos Indígenas do Vale do Javari a Univaja.

O frio vai perder força nesta quarta-feira no Rio Grande do Sul. A previsão aponta tempo firme no Estado. Após uma manhã de frio, até o fim da tarde a temperatura fica amena em vários pontos. Máxima de 21°C em Porto Alegre, Viamão e Uruguaiana, e 18ºC em Passo Fundo. Além disso, o sol vai predominar e não há previsão de chuva no Rio Grande do Sul. Já para o feriadão de Corpus Christi a previsão é de retorno da chuva sobre o Rio Grande do Sul em função de uma frente fria que chega ao Estado. Segundo a Climatempo, as mudanças no tempo começam no território gaúcho na quinta-feira. Mas é na sexta-feira que a frente fria vira o tempo de vez no Rio Grande do Sul. De acordo com a Climatempo, a formação da nova frente fria aumenta a nebulosidade e provoca pancadas de chuva na quinta no Estado gaúcho. Mas é durante a sexta que a frente fria deixa o tempo instável no Rio Grande do Sul. A previsão é de predomínio de céu nublado e muitas pancadas de chuva, com risco de temporais isolados. Conforme o prognóstico da Climatempo, a temperatura entra em declínio no Estado. No fim de semana, a frente fria se afasta e o tempo melhora no Rio Grande do Sul.


Compartilhe: