Ouça no Meio-Dia: a inflação de maio no País e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta quinta-feira, 09 de junho de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

O pré-candidato à presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, chegou nesta quarta-feira a Porto Alegre para uma viagem de três dias ao Estado. Ele vai participar de eventos do partido e recebeu, na noite desta quarta, o título de Cidadão de Porto Alegre na Câmara Municipal de Vereadores. Em uma primeira coletiva, Ciro disse que, caso eleito, revogará o regime de recuperação fiscal do Rio Grande do Sul. Para ele, a solução dos problemas do Estado passa por um novo pacto federativo. Além disso, Ciro aproveitou a oportunidade para tecer uma série de críticas ao ex-presidente Lula e ao atual mandatário da República, Jair Bolsonaro. E concluiu defendendo a revogação do teto de gastos. A agenda do pré-candidato segue nesta quinta-feira em Caxias do Sul e na sexta, em Pelotas.

O homem que caiu do décimo andar de um edifício no bairro Praia de Belas, em Porto Alegre, morreu na manhã desta quinta-feira. A informação foi confirmada pelo Hospital de Pronto-Socorro, onde ele estava internado desde a manhã de ontem. O homem foi identificado como Wagner Teixeira, de 19 anos. Ele fazia o conserto de uma parede do apartamento, onde havia um buraco deixado por um aparelho de ar-condicionado. Em depoimento, a proprietária da empresa de construção civil na qual Wagner trabalhava disse que ele estava sozinho no local da queda quando o acidente aconteceu. O nome da empresa não foi divulgado. Agentes do Instituto-Geral de Perícias estiveram no local e estão elaborando um laudo, que deve ficar pronto em até 30 dias.

Uma mulher de 58 anos morreu em um acidente de trânsito na ERS-122, a Rota do Sol, em Caxias do Sul. A vítima estava a bordo de um dos quatro veículos – dois carros e dois caminhões – envolvidos em uma sequência de colisões. Segundo o Comando Rodoviário da Brigada Militar, a vítima conduzia um Honda Fit. Ela teria invadido a pista contrária após realizar uma curva e acabou atingindo um caminhão que vinha no sentido inverso. O caminhão, em seguida, colidiu lateralmente com outro veículo de carga que estava ao seu lado. Por fim, um Renault Sandero, que seguia no mesmo sentido do Fit, se envolveu na colisão. A condutora foi identificada como Eliane Terezinha Castro Fragoso, de 58 anos. Ela estava sozinha no veículo. Os motoristas dos caminhões e do Sandero não se feriram. Eles foram submetidos ao teste do bafômetro, que deu negativo. O caso será investigado pela Delegacia de Trânsito de Caxias do Sul.

O IBGE divulgou nesta quinta-feira os índices da inflação no País. Segundo o Instituto, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, desacelerou para 0,47% em maio. Em abril, havia sido registrada alta de 1,06%. Em Porto Alegre, a inflação está em 3,14% no ano. Já o índice dos últimos 12 meses é de 10,79%. A variação de maio no Brasil é a menor registrada em um mês desde abril do ano passado. Na ocasião, o índice ficou em 0,31%. Mesmo assim, calculado em 12 meses, o IPCA segue acima dos dois dígitos pelo nono mês seguido e acumula alta de 11,73%. Nos 12 meses imediatamente anteriores foi registrado o acumulado de 12,13%. Em 2022, os preços ao consumidor subiram em média 4,78%. Além disso, oito dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados tiveram alta em maio. A maior inflação veio do setor de vestuário, com alta de 2,11%. O Banco Central já admitiu que a meta de inflação deve superar pelo segundo ano seguido o teto da meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional em 3,5%. Ela é considerada cumprida se oscilar entre 2% e 5%.

O sol aparece entre nuvens no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira. O tempo fica firme em todo o Estado. Após uma manhã de frio a temperatura segue amena durante o dia. Além disso, no decorrer do dia, áreas de instabilidade vão deixar tempo nublado na Região Central, na Serra, na Região Metropolitana, na Região Noroeste, no Litoral Norte e na Região Norte. Assim, entre a tarde e a noite as pancadas chuvas retornam para as áreas de divisa com Santa Catarina e Sul do Estado, devido à atuação de uma área de baixa pressão sobre o Paraguai, aliada a passagem de uma frente fria que passa pelo oceano. Na sexta-feira, a condição de chuva segue em áreas da Região Metropolitana, no Litoral Norte e na Serra, em função dos ventos úmidos. Porém, essa situação vai mudar devido à aproximação de uma massa de ar seco e frio, de origem polar, o que irá favorecer o declínio das temperaturas. A tendência é que o final de semana seja de temperaturas baixas sobre o estado.


Compartilhe: