Pesquisa Datafolha aponta estabilidade na corrida eleitoral para presidente: Lula tem 47%; Bolsonaro, 28%; Ciro 8%

A pesquisa Datafolha ouviu 2.556 pessoas nos dias 22 e 23 de junho em 181 cidades brasileiras. A margem de erro máxima é de 2 pontos percentuais

Compartilhe:

O Instituto Datafolha divulgou uma nova sondagem do cenário eleitoral para o cargo de presidente da República. As eleições ocorrem daqui a 100 dias. O cenário da pesquisa é bastante similar ao da realizada entre 25 e 26 de maio.

O levantamento foi contratado pelo jornal Folha de S.Paulo e está registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-09088/2022. A pesquisa ouviu 2.556 pessoas nos dias 22 e 23 de junho em 181 cidades brasileiras. A margem de erro máxima é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, considerando um nível de confiança de 95%.

Pesquisa estimulada no 1º turno

  • Lula (PT): 47%
  • Jair Bolsonaro (PL): 28%
  • Ciro Gomes (PDT): 8%
  • André Janones (Avante): 2%
  • Simone Tebet (MDB): 1%
  • Pablo Marçal (Pros): 1%
  • Vera Lúcia (PSTU): 1%
  • Em branco/nulo/nenhum: 7%
  • Não sabe: 4%

Votos válidos

A pesquisa também fez a ponderação dos resultados desconsiderando votos brancos, nulos ou indecisos. Essa é a métrica de apuração da Justiça Eleitoral.

  • Lula (PT): 53%
  • Jair Bolsonaro (PL): 32%
  • Ciro Gomes (PDT): 10%
  • André Janones (Avante): 2%
  • Simone Tebet (MDB): 1%
  • Pablo Marçal (Pros): 1%
  • Vera Lúcia (PSTU): 1%

Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (União Brasil) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram.

Metodologia da pesquisa

Técnica de amostragem: A amostra é estratificada por região geográfica (N/ CO/ S/ SE e NE) e natureza dos municípios (capital, região metropolitana ou interior). Em cada estrato, num primeiro estágio, são sorteados com probabilidade proporcional ao tamanho (PPT) os municípios que farão parte do levantamento. Num segundo estágio, são sorteados os bairros e pontos de abordagem onde serão aplicadas as entrevistas. Por fim, os entrevistados são selecionados aleatoriamente para responder ao questionário, de acordo com cotas de sexo e faixa etária. Os dados utilizados para definição e seleção da amostra são baseados nos dados fornecidos pelo TSE (junho/2022), IBGE (PNAD 2019 e Estimativa 2021) e dados primários de outros levantamentos do instituto.

Os dados relativos a sexo e faixa etária são: Sexo masculino: 47%, feminino: 53%, 16 a 24 anos 14%, 25 a 34 anos 20%, 35 a 44 anos 21%, 45 a 59 anos 25% e 60 anos ou mais 20%. Para a variável grau de instrução os dados utilizados como referência são: até nível médio completo ou incompleto (inclui os sem escolaridade e analfabetos) =79% e nível superior =21%.

Ponderação dos resultados: Está prevista eventual ponderação para correção nos tamanhos dos estratos, considerando as variáveis região geográfica, sexo, faixa etária e escolaridade, de acordo com os percentuais detalhados anteriormente, se a diferença encontrada for superior à margem de erro máxima.

Para o nível econômico do entrevistado (renda familiar mensal), a distribuição observada nos últimos levantamentos do instituto e utilizada como referência foi: Até 2 S.M. (salários mínimos)=52%, mais de 2 S.M.=44%, não souberam ou recusaram a resposta=4%. O fator previsto para ponderação é 1 (resultados obtidos em campo).

Área física: Serão realizadas entrevistas em 181 municípios, localizados nas seguintes unidades da federação: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins. A relação completa dos municípios e bairros pesquisados será encaminhada a esse tribunal posteriormente até o sétimo dia seguinte à data de registro da pesquisa, conforme a Resolução 23.600/2019 do TSE, no art.2º §7º.


Compartilhe: