Em jogo cheio de bate-boca, Juventude vence o Fluminense pelo Brasileirão

O Juventude voltou a fazer o seu dever de casa. Neste domingo (5), no Alfredo Jaconi, o time Alviverde venceu o Fluminense por 1 a 0. 

Compartilhe:
Foto: Fernando Alves/ECJuventude

 

O Juventude voltou a fazer o seu dever de casa. Neste domingo (5), no Alfredo Jaconi, o time Alviverde venceu o Fluminense por 1 a 0.

O jogo foi válido pela válido pela 9ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2022. Com o resultado, o Juventude chega a 10 pontos na tabela.

A partida foi realizada em péssimas condições depois de uma forte chuva em Caxias do Sul. A chuvarada deixou muitas poças no gramado e impossibilitou um futebol mais bem jogado.

O destaque foi o bate-boca entre os jogadores durante toda a partida, qualquer lance virava uma discussão dentro de campo. Isso deixou o jogo muito chato e feio. O que era para ser uma partida cheia de emoção virou o que o machismo mais gosta de fazer: bater-boca.

A vantagem do Juventude na adaptação ao gramado se transformou em gol ainda no primeiro tempo. Aos 31 minutos, Vitor Gabriel finalizou e a defesa do Fluminense desviou.

A bola sobrou para o atacante Pitta, um dos melhores da partida, que ao tentar mandar para o gol, viu o zagueiro Luccas Claro se atrapalhar no corte e empurrar a bola para a própria meta, 1 a 0 para o Juventude.

Na partida, sem muito o que fazer, o Fluminense realizou vários cruzamentos em busca do empate. Mas quem se destacou foi a defesa do Juventude.

Sem criatividade para vencer o gramado molhado, por parte dos jogadores, os minutos finais foram marcados por muito choradeira (os dois lados). E assim o Juventude conseguiu sua primeira vitória jogando em casa.

Para seguir fora do Z-4, o Goiás precisa perder para o Botafogo nesta segunda-feira (6). Na quarta-feira (8), novamente no Jaconi, o Juventude recebe o Athletico-PR.

Foto: Fernando Alves/ECJuventude

Compartilhe: