Inter vence o Goiás e permanece no G-4 do Brasileirão

O Inter não perde há 16 partidas. Sob comando de Mano Menezes, são 14 jogos sem derrotas. Sete vitórias e sete empates

Compartilhe:

O Inter de Mano Menezes segue sem derrotas. Desta vez, o Colorado venceu o Goiás por 2 a 1 na noite desta quarta-feira (15). A partida foi realizada na Serrinha, em Goiânia, e foi válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Inter foram marcados por Edenilson e Alan Patrick. Da Silva fez para o Goiás.

O jogo foi bastante aberto e intenso na maior parte do tempo. Assim como contra o Flamengo, o Inter marcou logo nos primeiros minutos, em uma jogada semelhante ao primeiro gol de Wanderson contra os rubro-negros. Moisés cruzou a bola por baixo e Edenilson pôs nas redes.

Depois, o Inter não manteve o bom ritmo, Jair Ventura fez ajustes, e o Goiás passou a dominar e apostar em bolas cruzadas. Em uma delas, vinda de um escanteio, Da Silva empatou de cabeça. Ao final da partida, a equipe da casa teve 29 cruzamentos e somente 6 finalizações. Já o Inter, que teve menos a bola, chutou 16 vezes.

Na volta do Intervalo, nova blitz do Inter e em mais uma jogada de bola cruzada rasteira, Alan Patrick colocou o Inter novamente em vantagem. A partir daí, Mano reforçou a marcação e o Inter administrou o resultado e mesmo assim ainda teve chances de ampliar. Mais um sucesso do Inter sob o comando deste treinador que chegou há pouco e já provocou muita diferença no modo da equipe atuar.

Leia mais notícias sobre Inter

Primeiro tempo

O Goiás teve uma chance já no primeiro minuto. Elvis cobrou escanteio e a bola foi na trave. Mas, aos poucos, o Inter foi entrando no jogo. Aos 6, Wanderson arriscou de longe para a defesa de Tadeu.

Até que aos 8, em uma jogada tramada, Moisés cruzou por baixo pelo lado esquerdo e Edenilson, dentro da área, chutou colocado para as redes.

Após o gol, o jogo ficou bastante dinâmico. O Goiás atacava com intensidade, porém sem criar grandes chances. Já o Inter escapava sempre que possível.

Porém, ainda que o jogo fosse bem disputado, as finalizações custavam a sair. Aos 30, Da Silva chutou e Daniel colocou para escanteio. No mais, o Goiás, que passou a controlar as ações a partir de um ajuste de Jair Ventura, apostava mais em cruzamentos.

E foi em uma dessas bolas alçadas que o Goiás conseguiu o empate. Aos 40, Elvis cobrou escanteio e Da Silva cabeceou para o gol.

Segundo tempo

O Inter voltou a ter vantagem no placar no primeiro minuto da etapa final. Em nova jogada tramada, dessa vez a bola foi parar em David no lado direito da área. Em uma jogada já costumeira do Inter, o atacante cruzou rasteiro e Alan Patrick empurrou para o gol.

O Goiás não conseguia reagir nos minutos seguintes ao gol do Inter. O Colorado estava com a marcação ajustada e explorava os espaços.

Aos 23, Mano Menezes fez alteração tripla: colocou Alemão, Maurício e Liziero, nos lugares de David, Alan Patrick e Johnny, que entrara no intervalo, mas se machucou em uma disputa.

O Goiás tentava, mas não criava boas chances de gol. Quem poderia ter marcado foi o Inter. Aos 42, Alemão conseguiu um belo chute e exigiu boa defesa de Tadeu. No minuto seguinte, foi a vez de Maurício parar no goleiro da equipe goiana. E ficou nisso.

Situação e próximos jogos

O Inter não perde há 16 partidas. Sob comando de Mano Menezes, são 14 jogos sem derrotas. Sete vitórias e sete empates. Com o resultado de hoje, o Inter vai a 21 pontos, e aguarda o resultado do Corinthians, que joga contra o Athletico também nesta quarta, para saber em que posição termina o dia. Mas amanhã (16), o Colorado pode ser ultrapassado pelo São Paulo, que enfrenta o Botafogo. O Inter tem agora uma sequência de dois jogos no Beira-Rio pelo Brasileiro. No domingo (19), o Colorado joga contra o Botafogo, às 18h, e, depois, na sexta-feira (24), enfrenta o Coritiba, às 21h30.

Escalações

Goiás

Tadeu; Diego, Da Silva, Reynaldo (Pedrinho), Caetano e Dadá Belmonte; Matheus Sales (Auremir), Caio Vinícius (Luan Dias) e Élvis; Vinícius (Vitor Hugo) e Pedro Raul (Renato Júnior) –5-3-2Técnico: Jair Ventura

Inter

Daniel; Bustos (Moledo), Vitão, Mercado e Moisés; Gabriel, Johnny (Liziero); Edenilson, Alan Patrick (Mauricio) e Wanderson (Pedro Henrique); David (Alemão) –4-5-1Técnico: Mano Menezes

Arbitragem

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Auxiliar: Jean Marcio dos Santos (RN)
Auxiliar: Lorival Candido das Flores (RN)
VAR: Vinicius Furlan (SP)

 


Compartilhe: