Inter empata com o Santos na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro

Com o resultado, o Inter vai a 15 pontos e termina a quarta-feira na quinta posição na tabela

Compartilhe:

O Inter empatou em 1 a 1 com o Santos em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida foi disputada na Vila Belmiro na noite desta quarta-feira (8). O jogo foi marcado por intensa participação do VAR, que confirmou o gol do Santos, marcado por Lucas Braga no segundo tempo. Bruno Méndez empatou para o Inter minutos depois.

Mano Menezes optou por Gabriel no lugar de Dourado, mantendo De Pena na esquerda e apostando em Pedro Henrique aberto pela direita. No comando de ataque, David foi novamente o escolhido.

Porém, faltou ao Inter ao longo da partida mais presença na frente. É evidente a falta que o time sente de jogadores de ataque. No segundo tempo, após sofrer o gol e fazer alterações na escalação e formatação tática da equipe, o time de Mano Menezes melhorou na partida e conseguiu o empate.

Depois, nos instantes finais o Inter teve chances e o goleiro do Santos acabou sendo o melhor jogador da partida. A excursão colorada fora do Estado terminou com quatro pontos conquistados. Além disso, o Inter de Mano segue sem derrotas.

Leia mais notícias sobre Inter

Primeiro tempo

O Inter começou controlando as ações. O Colorado tocava a bola com paciência e pressionava a marcação quando perdia a posse. Pedro Henrique conseguiu conclusão aos 9. O goleiro pegou sem dar rebote.

Aos poucos, o Santos entrou no jogo e passou a assustar, sobretudo em bolas alçadas. O jogo estava equilibrado.

Até que aos 25 o juiz assinalou pênalti de De Pena em Léo Baptistão. Porém, com auxílio do VAR, o árbitro voltou atrás e deu falta fora da área. Na cobrança, Lucas Pires bateu e Eduardo Bauermann cabeceou para as redes. Em um primeiro momento, o juiz confirmou o gol. Mas o VAR interveio novamente e foi assinalado impedimento no lance.

Aos 33, o Inter parecia voltar ao jogo. Alan Patrick finalizou e João Paulo fez boa defesa. Mas a essa altura o Santos era melhor. Aos 40, em uma escapada, De Pena conseguiu bom chute, mas parou no goleiro, que nesse momento já se destacava na partida.

Antes de acabar o primeiro tempo, o Santos conseguiu ainda duas chances perigosas, com Léo Baptistão e Bryan Angulo. Na primeira, Daniel fez boa defesa. Na segunda, a bola foi na trave. A etapa inicial acabava com sustos para o Inter.

Segundo tempo

Nos primeiros minutos após o intervalo, o jogo foi estudado. Aos 6, o Santos chegou em bola alçada de escanteio. Aos 7, foi a vez do Inter ter boa chance com Pedro Henrique.

Logo nos primeiros minutos, Mano viu a necessidade de mudar. Colocou Alemão e Bruno Méndez nos lugares Bustos e David.

O Santos construía mais e o Inter jogava em transição. Até que aos 17, o VAR se fez presente de novo. Lucas Braga, dos Santos, fez o gol, mas o árbitro assinalou impedimento. O VAR, porém, corrigiu e o gol foi confirmado.

Mano mudou de novo. Entraram Taison e Maurício nos lugares de Edenilson e Alan Patrick. Deu resultado. No lance seguinte, em jogada pela esquerda de Pedro Henrique, a bola rodou na área e foi parar em Bruno Méndez, que deu um chutaço para o gol.

O Inter podia ter saído com a vitória. Aos 32, De Pena cobrou falta e João Paulo fez excelente defesa. No lance seguinte, Rodrigo Dourado cabeceou e o goleiro santista fez mais uma defesa. 

O jogo ficou intenso. Como resposta o Santos teve uma ótima chance com Lucas Pires. Vitão salvou.

Aos 40, ainda haveria tempo para mais uma intervenção de João Paulo. Taison recebeu bola na frente, mas o goleiro do Santos saiu do gol e tirou a bola dos pés do atacante colorado.

Situação e próximo jogo

Com o resultado, o Inter vai a 15 pontos e termina a quarta-feira na quinta posição na tabela. O próximo jogo do Inter pelo Brasileiro é contra o Flamengo, no sábado (11), às 21h, no Beira-Rio.

Escalações

Santos

João Paulo; Madson, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires; Rodrigo Fernández, Vinícius Zanocelo (Sandry) ; Léo Baptistão (Bruno Oliveira), Ricardo Goulart (Rwan) e Lucas Braga (Pirani) ; Angulo (Lucas Barbosa) –4-2-3-1Técnico: Fabián Bustos.

Inter

Daniel; Bustos (Bruno Méndez), Vitão, Mercado e Renê; Edenilson (Maurício) e Gabriel; Pedro Henrique (Rodrigo Dourado), Alan Patrick (Taison) e De Pena; e David (Alemão) –4-5-1Técnico: Mano Menezes.

Arbitragem

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Auxiliar: Kleber Lucio Gil (SC)
Auxiliar: Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN).

 


Compartilhe: