Brasil tem a maior chance de ganhar a Copa do Mundo de acordo com as casas de apostas

Compartilhe:

Programada para ser realizada um pouco mais tarde do que nas edições anteriores, a Copa do Mundo do Catar reunirá as seleções de futebol de vários países entre 21 de novembro e 18 de dezembro deste ano e a Seleção Brasileira aparece soberana na lista das equipes com mais condições de ganhar o maior evento esportivo do mundo.

De acordo com a tabela de classificação eliminatórias da Copa do Mundo e as análises das casas de apostas on-line, o Brasil tem a maior chance de ganhar a Copa do Mundo.

Não há mudança no formato da competição e, dessa forma, as 32 seleções estarão divididas em oito grupos de quatro.

As duas melhores equipes de cada chave avançam para as oitavas de final e duelam no sistema de mata-mata até o encerramento da Copa do Mundo.

Uma das maiores casas de apostas on-line, a Betano, avalia que pela lógica, quanto maior o favoritismo de uma seleção de futebol na competição, menor o valor que deverá ser pago pela aposta, isso porque o risco de errar é menor. Por outro lado, quanto mais improvável o título, maior o prêmio a ser pago.

Um dos motivos que leva as casas de apostas a acreditar em uma possível vitória do Brasil na Copa do Catar, é o fato da seleção comandada por Tite registrar a melhor campanha da história das eliminatórias, mostrando que tem muitas chances de conseguir o hexa.

Além disso, jogadores mais jovens têm mostrado um futebol de qualidade, deixando a seleção mais competitiva.

Força de Tite no comando da Seleção Brasileira

O técnico Tite é o mais longevo no comando da Seleção Brasileira, completando três anos à frente da equipe.

Tradicionalmente, quando a equipe brasileira perdia a competição, o treinador era demitido ou, caso conseguisse vencer, não chegava até a próxima edição da Copa do Mundo.

Nesse contexto, Tite é uma exceção à regra e conseguiu agradar aos comandantes da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), jogadores, equipe técnica e os torcedores. Sua presença em mais uma Copa do Mundo gera mais confiança no mercado de apostas que enxerga a liderança do treinador como um dos fatores positivos na motivação do time, além é claro, da qualidade do treinamento.

O currículo de Tite é inspirador para quem almeja chegar ao comando de uma equipe de futebol. O treinador é um dos quatro profissionais que venceram Copa Libertadores, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil (tríplice coroa clássica). Ele brilhou um pouco mais, porque foi o único desse grupo que também venceu a Copa do Mundo.

Se no como treinador sua carreira é longa, como jogador não teve a mesma sorte. Tite precisou encerrar prematuramente a sua carreira nos gramados quando tinha apenas 28 anos de idade, em 1989, após sofrer uma série de lesões nos joelhos, resultando em uma ruptura de ligamento, o que o fez perder a mobilidade de uma das pernas. O caso foi tão sério que até hoje não consegue flexionar um dos joelhos.

O fator Neymar

A presença de Neymar na equipe também é outro fator quando se trata da confiança dos apostadores dos cassinos on-line.

Idolatrado pela torcida brasileira, o jogador do Paris Saint Germain (PSG) ainda é uma grande aposta no futebol brasileiro na concorrida disputa que será realizada em novembro no Catar.

Neymar é um “universo” à parte no imaginário dos torcedores. Há uma torcida pela Seleção Brasileira e outra pelo craque. Os brasileiros e torcedores do Barcelona, onde jogou por muito tempo, e seu atual time, o PSG, querem ver o jogador brilhando em campo.

Claro que existem muitas críticas em relação ao seu comportamento em campo, porém os pontos positivos são maiores e ele faz a diferença na equipe.

Neymar participou da Copa do Mundo de 2018, marcou dois gols, porém a Seleção Brasileira acabou sendo eliminada nas quartas de finais.

Além do maior evento do futebol mundial, o jogador ainda participou de três edições da Copa América, em 2011, 2015 e 2021, mas a equipe não conseguiu passar das quartas de finais nas duas primeiras disputas e foi derrotada pela Seleção Argentina na última.

Cobertura da Copa do Mundo

A cobertura da Copa do Mundo no Catar mobilizará mais uma vez o mercado da mídia com as transmissões das partidas, criação de programas especiais para o evento na TV aberta e fechada.

Rádio e internet também farão parte do grupo que cobrirá os jogos da seleção. Especificamente na internet, canais temáticos no YouTube serão algumas das fontes de informações e consumo de conteúdo.

Além desses meios pontuais, canais que já falam de futebol farão coberturas especiais sobre a equipe comandada pelo técnico Tite.

Diferente das edições anteriores, a Copa do Mundo do Catar acontece me meio à onda do podcast. Na podosfera, o que não vai faltar é conteúdo em áudio sobre o evento, além de programas das casas de apostas e apostadores profissionais.

 


Compartilhe: