Sobe para 31 número de mortes por dengue no Rio Grande do Sul

Estado já tem mais de 26 mil casos confirmados neste ano.

Compartilhe:

Foi confirmado o segundo óbito por dengue em Porto Alegre. Com isso, o Rio Grande do Sul chega a 31 mortes pela doença em 2022. O dado já é o mais elevado desde 2000, quando começaram os levantamentos. Em 2021, onze pessoas morreram por causa de dengue no Estado.

Igrejinha é o município com o maior número de óbitos, com cinco. Depois vem Novo Hamburgo e Horizontina, com três, e Porto Alegre, Jaboticaba e Cachoeira do Sul com duas mortes cada.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, o Estado já tem mais de 26 mil casos confirmados neste ano. Destes, cerca de 21 mil são autóctones, ou seja, contraídos em território gaúcho.

Ação em Porto Alegre

Nesta sexta, agentes da Prefeitura de Porto Alegre realizam uma visita ao bairro Vila Jardim, na zona leste, para auxiliar no controle da dengue e combate a focos do mosquito Aedes aegypti.

O ponto de partida foi o Sesc Protásio Alves. Depois, a operação segue pela rua Seival e, por fim, pela rua Barão de Bagé. Não há previsão de horário para término da operação. Caso chovesse, o trabalho poderia ser adiado ou cancelado.


Compartilhe: