“A evolução existiu, mesmo derrotado”, disse Roger após Grêmio perder para o Cruzeiro

A partida válida pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e aconteceu no Estádio Independência.

Compartilhe:
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

 

O Grêmio não conseguiu um resultado positivo neste domingo (8) na Série B no Campeonato Brasileiro. O time de Roger Machado perdeu para o Cruzeiro por 1 a 0.

A partida válida pela sexta rodada da competição nacional aconteceu no Estádio Independência. A equipe adversária abriu o placar na primeira etapa. O gol aconteceu aos 26 minutos, após Bidú cruzar rasteiro e a bola desviar no lateral Rodrigo Ferreira.

O primeiro tempo de partida iniciou disputado, com as duas equipes se conhecendo e trocando passes. Aos 7 minutos, o Grêmio tentou a primeira finalização. Biel chutou forte, de fora da área, mas a bola acabou pegando no próprio companheiro de time, Diego Souza.

Com 13 minutos minutos passados, mais uma tentativa Tricolor acabou ficando prensada, dessa vez na marcação cruzeirense. Biel, dentro da grande área, driblou a zaga adversária e acionou Rodrigo Ferreira na direita. O lateral dominou, chutou e a bola ficou na defesa.

A resposta do Cruzeiro veio aos 15 de partida, mas sem perigo. Com 24 minutos, os donos da casa realizaram uma finalização perigosa após uma cobrança de falta. Bidú bateu no canto direito e Brenno fez uma bela defesa.

O goleiro gremista foi surpreendido aos 26 minutos do primeiro tempo. Bidú cruzou rasteiro, a bola acabou desviando no lateral Rodrigo Ferreira e indo para o fundo das redes, 1 a 0.

No segundo tempo, o Grêmio pressionou nos primeiros minutos. Mas aos poucos o Cruzeiro conseguiu equilibrar o jogo. E assim soube administrar o resultado até o fim.

Coletiva

Na coletiva, o técnico do Grêmio comentou sobre o resultado e o desempenho da equipe gremista. Segundo ele, o time do Grêmio está evoluindo.

“Hoje a torcida deles empurrou eles para cima do Grêmio. A evolução existiu, mesmo derrotado. Nós terminamos o jogo em cima deles, isso mostra que estamos preparados para a imposição física”, ressaltou Roger.

“Na sobreposição de um modelo sobre o outro o Cruzeiro foi superior, nas individualidades também. Hoje o sistema e as individualidades deles sobrepuseram as nossas, parabéns para o Cruzeiro”, disse.

“O Cruzeiro foi muito intenso. De fato os embates individuais devem ter sido favoráveis ao Cruzeiro. Jogadores deles dobraram a marcação, levaram vantagens em alguns momentos”, completou.

 


Compartilhe: