Preso suspeito de tentativa de feminicídio contra companheira grávida em Sapucaia do Sul

Ele se encontrava foragido desde a última quarta-feira (25). Em função dos disparos, vítima perdeu a menina que esperava

Compartilhe:

Foi preso na manhã desta terça-feira (31), em Sapucaia do Sul, região metropolitana de Porto Alegre, um homem de 28 anos suspeito de atirar na companheira de 32 anos, que estava grávida de sete meses. Desde o dia do crime, que ocorreu na última quarta-feira (25), na Rua União da Vitória, no bairro Sete, também em Sapucaia do Sul, ele se encontrava foragido.

A prisão ocorreu após o suspeito se apresentar na manhã na 2ª DP (Delegacia de Polícia) de Sapucaia do Sul, que investiga o crime. O homem, que não teve o nome informado, alega ter efetuado o disparo de forma acidental. Além disso, o detido foi encaminhado ao sistema prisional e está à disposição da Justiça.

Leia mais notícias sobre Polícia Civil

Durante a investigação, foram apreendidos uma pistola Glock, carregadores e coletes balísticos com placas cerâmicas, além de um kit capaz de transformar a arma em uma metralhadora. O material estava na residência do casal (foto abaixo).

A vítima, que também não teve o nome informado, está internada em estado grave no Hospital Getúlio Vargas, em Sapucaia do Sul. Em decorrência dos disparos, que atingiram a região do abdômen, ela acabou por perder a menina que esperava.

No dia da ocorrência, a vítima foi deixada na porta da emergência do hospital pelo próprio companheiro, que fugiu em um Fiat Uno Mille branco. O caso é investigado como tentativa de feminicídio.

 

Armamentos foram encontrados na residência do casal. Foto: Polícia Civil/Divulgação

Compartilhe: