Previsão indica quarta-feira de chuva volumosa em parte do Rio Grande do Sul

Volta a fazer frio nas primeiras horas da manhã nas cidades da Fronteira Oeste, graças ao avanço de uma massa de ar seco de origem polar.

Compartilhe:

O tempo instável deve continuar nesta quarta-feira (4), indica a previsão do tempo. Ainda há possibilidade de chuvas volumosas nas regiões Norte, Serra, metropolitana e Litoral Norte do Rio Grande do Sul.

Nesta quarta-feira, o ciclone extratropical que trouxe chuva a grande parte do RS continua atuando próximo a costa gaúcha. O sistema impulsionará rajadas de vento de moderada a forte intensidade. Todas as regiões do Estado podem registrar ventania. O Litoral Norte deve ter as rajadas mais intensas. O mar fica agitado e a navegação é desaconselhada.

O tempo semantém instável na metade norte e região Sul, com risco de acumulados elevados de chuva entre a Serra e o Litoral Norte. As precipitações podem chegar aos 80 milímetros em Torres e em Xangri-lá. Embora em volumes menores, a chuva também deve continuar em toda a região metropolitana de Porto Alegre. A Capital gaúcha pode ter até 40 milímetros de chuva, o que tem sido suficiente para provocar alagamentos em alguns bairros.

Volta a fazer frio nas primeiras horas da manhã nas cidades da Fronteira Oeste, graças ao avanço de uma massa de ar seco de origem polar. Em Uruguaiana, mímima de 10°C; de 11°C em Alegrete e de 12°C em Bagé. Na parte da tarde, as temperaturas não se elevam muito. Máxima de 18°C em Palmeira das Missões e de 21°C em Santa Cruz do Sul. Porto Alegre terá mínima de 18°C e máxima de 21°C, com momentos de garoa a partir da segunda metade da manhã.

Na quinta-feira (5), as instabilidades começam a perder força, devido ao afastamento desse sistema para o oceano e o avanço de uma massa de ar seco, de origem polar. O tempo volta a ficar firme em boa parte do estado e as temperaturas entram em declínio. A tendência é que a semana termine com tempo estável e temperaturas baixas em todas as regiões gaúchas.


Compartilhe: