Prefeitura de Porto Alegre habilita duas empresas interessadas na revitalização do Viaduto Otávio Rocha

A Concrejato Serviços Técnicos de Engenharia e a Marsou Engenharia são as concorrentes para realizar os serviços do projeto, orçado em R$13,7 milhões

Compartilhe:

A Prefeitura de Porto Alegre considerou habilitadas duas empresas que se mostraram interessadas na revitalização do Viaduto Otávio Rocha, na Av. Borges de Medeiros, Centro Histórico da Capital. A Concrejato Serviços Técnicos de Engenharia e a Marsou Engenharia são as concorrentes para realizar os serviços do projeto, orçado em R$13,7 milhões.

Cumprida esta etapa, começa a fase de recursos, com duração de cinco dias úteis. Depois, serão conhecidas as propostas com os valores ofertados. A sessão pública tem data ainda a ser divulgada. “Caso não haja recursos, os valores das propostas poderão ser conhecidos na próxima semana”, ressaltou o secretário de Administração, André Barbosa.

O projeto prevê a recuperação como um todo da construção, e também soluções para as instalações telefônicas, elétricas, para os sistemas de segurança, para a iluminação pública, além adequações na rede hidrossanitária, no sistema de drenagem e um processo de impermeabilização. O projeto prevê também investimentos em sinalização comercial viária e turística.

Uma vez concluída a obra, o viaduto terá um novo PPCI (Plano de Proteção Contra Incêndios). Além disso,  vai atender aos critérios de acessibilidade. Também está prevista a reativação das escadarias internas do viaduto, que, neste momento, estão inacessíveis ao público.

A habilitação das empresas consta no Diário Oficial de Porto Alegre publicado nesta sexta-feira (6).


Compartilhe: