Porto Alegre tem ao menos 37 localidades sem água como reflexo de tempestade

O DMAE não tem previsão de quando o serviço será normalizado em todos os bairros de Porto Alegre.

Compartilhe:

A tempestade Yakecan foi embora, mas seus reflexos seguem sendo sentidos em vários pontos de Porto Alegre por causa da falta de água tratada. Estações de bombeamento de água estão sem funcionar por causa de problemas na distribuição de energia elétrica. As regiões mais atingidas são a zona sul e a zona leste da Capital gaúcha.

O DMAE (Departamento Municipal de Água e Esgotos) não tem previsão de quando o serviço será normalizado. Em alguns locais, a empresa pública depende da regularização do serviço de energia elétrica por parte da CEEE/Equatorial. Em outros locais, as estações não têm água em seus reservatórios e estão sem conseguir distribuir.

Conforme o Departamento, são afetadas 37 localidades de Porto Alegre, entre estradas, loteamentos, vilas e bairros.

  • Aberta dos Morros (Sistema em normalização)
  • Chapéu do Sol (Sistema em normalização)
  • Belém Novo (Sistema em normalização)
  • Ponta Grossa (Sistema em normalização)
  • Restinga (Sistema em normalização)
  • Leblon (Sistema em normalização)
  • Veludo (Sistema em normalização)
  • Hípica (Sistema em normalização)
  • Lageado (Sistema em normalização)
  • Belém Velho
  • Camaquã,
  • Tristeza
  • Cavalhada
  • Cascata
  • Ipanema Garden,
  • Parque Lavoura,
  • Pitinga
  • Lomba do Pinheiro
  • Menino Deus
  • Santa Tereza
  • São José
  • Cefer II
  • Bom Jesus
  • Jardim Carvalho
  • Cristal
  • Vila Panorama
  • Vila Nova
  • Vila Monte Cristo
  • Vila Jardim,
  • Vila Fátima-Pinto
  • Praça Baltazar de Bem
  • Beco do Mendonça
  • Estrada Cristiano Kraemer
  • Estrada Jorge Pereira Nunes
  • Estrada João Antônio da Silveira,
  • Estrada João de Oliveira Remião
  • Estrada das Quirinas

Compartilhe: