Ouça no Meio-Dia: mais de 1 milhão de mortos por covid-19 nos EUA e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta quinta-feira, 12 de maio de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

A Prefeitura de Porto Alegre anunciou que uma empresa será contratada para planejar como a cidade irá cumprir a meta de reduzir as emissões de carbono em 50% até 2030 e zerar até 2050, compromisso que foi assinado durante a Cúpula Mundial do Clima, a COP 26, em novembro do ano passado. Durante o Congresso Mundial do ICLEI, na Suécia, o prefeito Sebastião Melo anunciou, nesta quinta-feira, que nos próximos dias será lançado um edital para contratação de uma consultoria que desenvolverá o Estudo de Vulnerabilidade e Riscos e o Plano de Ação Climática de Porto Alegre. Conforme a Secretaria de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade, inicialmente, será elaborado o Estudo de Riscos e Vulnerabilidades, com identificação, mapeamento, quantificação e análise dos riscos climáticos atuais e futuros, além dos impactos para os moradores e da capacidade já existente para enfrentar os desafios. A partir dos resultados deste estudo, será construído o Plano de Mitigação e Adaptação às Mudanças Climáticas. A empresa a ser contratada irá se basear no levantamento do Inventário de Gases de Efeito Estufa, produzido ano passado, que apontou que 67% das emissões são do setor de transportes. Em seguida estão a energia estacionária, ou seja, do consumo diário dos cidadãos, com 22%, e, por fim, do setor de resíduos, que soma 9% das emissões.

O mês de abril terminou com retorno à tendência de queda nos homicídios no Rio Grande do Sul, observada ao longo dos últimos três anos. O número de vítimas caiu 11,6%, indo de 129 em abril de 2021 para 114 no mesmo mês deste ano. Segundo o governo do Estado, o resultado confirma a efetividade das ações realizadas pelas forças de segurança após ligeira alta ocorrida em março. Ainda conforme o Estado, uma das razões dos resultados foi a rápida contenção de um conflito entre organizações criminosas em Porto Alegre. Outro dado importante diz respeito aos feminicídios, que apresentou queda de 35,7%, após três meses em alta. Houve nove vítimas de assassinatos por motivo de gênero no Estado, cinco a menos que as 14 de abril do ano passado. No entanto, a diminuição ainda não foi suficiente para reverter o cenário no acumulado desde janeiro, que ainda contabiliza duas vítimas a mais que no mesmo período de 2021, passando de 34 para 36. Esses e outros dados estão nos indicadores de abril divulgados nesta quinta-feira pela Secretaria da Segurança Pública.

O novo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, afirmou, nesta quarta-feira, que já solicitou ao governo federal estudos para privatização da Petrobras e da Pré-Sal Petróleo (PPSA), empresa responsável pelos contratos do pré-sal da União. O ministro defendeu ainda a privatização da Eletrobras. Para ele, é fundamental avançar com a capitalização da empresa estatal para atrair mais capital ao Brasil. A privatização depende de julgamento no Tribunal de Contas da União. Sachsida, que, até então, era assessor de Paulo Guedes no Ministério da Economia, foi nomeado por Bolsonaro para o lugar de Bento Albuquerque, exonerado nos últimos dias. A mudança ocorre após críticas do presidente aos aumentos nos preços dos combustíveis promovidos pela Petrobrás.

Os Estados Unidos superaram nesta quinta-feira a marca de mais de um milhão de mortos por causa da Covid-19. A informação foi divulgada pela Casa Branca. Em sua fala, o presidente Joe Biden lamentou as mortes e pediu que os cidadãos do país permaneçam vigilantes. Com o indicador, os Estados Unidos detêm o recorde mundial de mortes por Covid-19. Ao redor do mundo, a atual estimativa é que, dentro dos países membros da Organização Mundial da Saúde, a OMS, o total seja de 5,4 milhões óbitos por covid-19 em dois anos. Porém, segundo a própria OMS, o número de óbitos no mundo pode estar entre 13 e 17 milhões entre janeiro de 2020 e dezembro de 2021, ou seja, quase o triplo das estimativas oficiais.

O dia começou com frio e nevoeiro no Rio Grande do Sul. O quadro é motivado pelo avanço de uma massa de ar seco e frio pelo Estado. A partir da tarde a temperatura fica amena. Depois, no começo da noite, o frio retorna. Existe a possibilidade de pancadas de chuva somente no Litoral Norte ao longo desta quinta. Amanhã, a massa de ar seco se intensifica ainda mais, mantendo o tempo firme em todas as regiões do Estado, com pouca variação nas temperaturas. A tendência é que o tempo instável retorne ao estado no sábado, com chuva forte entre as regiões Noroeste e Nordeste.


Compartilhe: