Ouça no Meio-Dia: a maior inflação para abril desde 1996 e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta quarta-feira, 11 de maio de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira uma operação para combater duas quadrilhas especializadas em roubos de veículos. Uma delas atacava veículos que se encontravam à venda em três revendas de Porto Alegre. A estimativa é que o prejuízo causado pelos roubos seja de, aproximadamente, R$ 700.000. A outra organização criminosa atuava contra motoristas em ruas da Capital gaúcha. Ao todo, foram cumpridas 16 ordens judiciais, sendo 8 mandados de prisão temporária e 8 de busca e apreensão, em Porto Alegre, Alvorada, Viamão, Gravataí, Guaíba, Encruzilhada do Sul e Pareci Novo. Até o fechamento desta edição do Meio-Dia, 10 pessoas haviam sido presas, sendo 8 temporariamente, 1 em flagrante por posse de arma de fogo com numeração suprimida e 1 foragido capturado. Foram apreendidas uma arma, munições e vários celulares. Todas as prisões são referentes aos roubos de veículos ocorridos em via pública. A Justiça indeferiu os mandados de prisão contra os investigados por roubos às revendas. Os crimes investigados são de associação criminosa, roubo de veículos, porte ilegal de arma de fogo, receptação de carros roubados e adulteração das placas.

Os recordes nas safras de trigo e soja registrados no Rio Grande do Sul em 2021 provocaram resultados positivos nas exportações do agronegócio no primeiro trimestre de 2022. Os dois produtos foram os principais responsáveis pela alta de 65,9% nas vendas externas do setor no período, na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. As informações foram divulgadas na manhã desta quarta-feira pelo Departamento de Economia e Estatística, vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão do Estado, no boletim Indicadores do Agronegócio do Rio Grande do Sul. Em números absolutos, entre janeiro e março, o Estado exportou um total de US$ 3,4 bilhões, o que significa US$ 1,3 bilhão a mais em relação a 2021. Entre os principais setores exportadores do agronegócio, tiveram resultados positivos no período o complexo soja, cereais, farinhas e preparações, carnes, fumo e seus produtos, além de produtos florestais.

O presidente Jair Bolsonaro exonerou Bento Costa Lima Leite de Albuquerque do comando do Ministério de Minas e Energia. Em seu lugar, foi nomeado Adolfo Sachsida. A informação consta na edição desta quarta-feira do Diário Oficial da União. A troca ocorre após as críticas feitas pelo presidente aos recentes aumentos nos preços dos combustíveis promovidos pela Petrobrás, empresa subordinada ao Ministério de Minas e Energia. Na última quinta-feira, a estatal anunciou lucro líquido de R$ 44,561 bilhões no primeiro trimestre de 2022. Essa quantia é 3.718% acima do que havia sido registrado no mesmo período do ano passado. Dias depois, a Petrobrás ainda reajustou em 8,87% o Diesel para as distribuidoras. Nas redes sociais, Sachsida postou mensagem de agradecimento a Bolsonaro, ao ministro da Economia Paulo Guedes, e também a Albuquerque. Ele também disse que espera estar à altura do posto. Adolfo Sachsida é doutor em economia e advogado. Antes de assumir o Ministério de Minas e Energia, ele era assessor especial da equipe de Paulo Guedes no Ministério da Economia.

E os combustíveis são justamente um dos principais fatores da alta da inflação no Brasil. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, foi divulgado nesta quarta-feira pelo IBGE. Considerado como a inflação oficial do país, o índice ficou em 1,06% em abril, o maior desde 1996. Em março, a alta havia sido de 1,62%. Neste ano, o índice já acumula alta de 4,29%. Só a gasolina, com alta de 2,48%, foi responsável por um impacto de 0,17 ponto percentual no índice. O Etanol, o óleo diesel e o gás veicular, também tiveram alta. O reflexo direto é que os alimentos também continuam subindo. Entre as principais altas, constam o leite longa vida, a batata-inglesa, o tomate, o óleo de soja, o pão francês, e as carnes. O grupo habitação foi o único com deflação no mês, puxado pela queda nos preços da energia elétrica. Com o resultado de abril, a inflação saltou para 12,13% no acumulado dos últimos 12 meses. Esta é a maior inflação para o período de 1 ano desde outubro de 2003. A expectativa do mercado para a inflação deste ano está em 7,89%, ou seja, mais que o dobro do centro da meta de 3,5% fixada para 2022. Para o ano, porém, o resultado ainda está abaixo dos 10,06% registrados em 2021.

A previsão aponta para tempo instável em grande parte do Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. Existe a possibilidade de chuva no Estado. A previsão é de pancadas de chuva na Região Central, na Região Metropolitana, na Serra, no Litoral Norte e no Norte do Estado. Quanto à temperatura, a quarta-feira começou com frio e nevoeiro no Estado. Para os próximos dias, uma intensa onda de frio vai provocar queda acentuada de temperatura sobre o Brasil. Além de geada, há possibilidade de neve em alguns pontos do Rio Grande do Sul. Já para esta sexta-feira, existe a chance de uma queda de temperatura expressiva e que pode provocar geada na Serra gaúcha. No fim de semana, uma nova frente fria avança pelo Sul do Brasil.


Compartilhe: