Ministério da Saúde institui Sala de Situação para monitorar casos a varíola dos macacos no Brasil

A varíola dos macacos é uma doença viral endêmica no continente Africano, com transmissibilidade moderada entre humanos.

Compartilhe:
Foto: Divulgação/OMC

 

Ministério da Saúde estabeleceu, nesta segunda-feira (23), uma Sala de Situação para monitorar o cenário da varíola dos macacos no Brasil.

Segundo o Ministério, a medida tem como objetivo elaborar um plano de ação para o rastreamento de casos suspeitos e na definição do diagnóstico clínico e laboratorial para a doença.

Até o momento, não há notificação de casos suspeitos da doença no Brasil. A pasta encaminhou aos estados o Comunicado de Risco sobre a patologia, com orientações aos profissionais de saúde e informações disponíveis até o momento sobre a doença.

A varíola dos macacos é uma doença viral endêmica no continente Africano, com transmissibilidade moderada entre humanos.

O surgimento de casos de varíola em países fora do continente africano tem deixado os órgãos de saúde em alerta no Brasil. O que chama a atenção não é propriamente a gravidade da doença, mas a sua disseminação em países da Europa, América e Oceania.

Em 2003, nos Estados Unidos, um surto foi registrado em 2003. Identificou-se que roedores importados da África como animais de estimação transmitiram o vírus para cachorros, que passaram para humanos. Trinta e cinco casos foram confirmados em seis estados americanos.


Compartilhe: