Contra o Avaí, Juventude vence a primeira no Brasileiro

A equipe gaúcha teve de segurar o resultado com dois jogadores a menos

Compartilhe:

O Juventude venceu o Avaí por 2 a 1, neste domingo (15), na Ressacada, em Florianópolis. Esta foi a primeira vitória da equipe de Caxias do Sul no Campeonato Brasileiro. E o êxito veio com muita luta até os minutos finais da partida. A equipe gaúcha teve de segurar o resultado com dois jogadores a menos.

Os Jaconeros saíram na frente aos 24 da primeira etapa, com Óscar Ruiz. Yuri encontrou Rodrigo Soares aberto na direita e o lateral cruzou. O zagueiro Arthur Chaves desviou de cabeça e Óscar Ruiz mandou para o gol. Porém, o Avaí reagiu logo em seguida. Aos 27, o atacante Bissoli acertou um belíssimo chute após cruzamento de Morato.

Mas foi a partir dos 18 do segundo tempo que a situação começou a se complicar para o Juventude. Chico Kim recebeu cartão vermelho após acertar um carrinho no jogador adversário. Mesmo assim, os Jaconeros marcaram. Aos 24, em uma cobrança de escanteio da equipe de Caxias do Sul, Vitor Mendes subiu alto e cabeceou para o gol.

O Avaí precisava ir ao ataque e o Juventude passou a se dedicar a resistir para garantir a vantagem. Aos 39, porém, o quadro se complicou ainda mais. Paulinho Moccelin recebeu vermelho por supostamente deixar a perna em uma dividida com o jogador do Avaí.

Com dois a menos, os minutos finais foram dramáticos, com o Juventude fazendo de tudo para sair com a vitória. Além do tempo regulamentar, foram 7 minutos de acréscimo. Não foi o bastante, porém, para a equipe catarinense buscar o resultado.

Situação e próximos jogos

O Juventude é agora o 17º colocado no Campeonato Brasileiro, primeiro time do Z-4, com seis pontos. O próximo desafio dos Jaconeros no Brasileirão é no Alfredo Jaconi, contra o Palmeiras. A partida será realizada no sábado (21), às 19h.

Escalações

Avaí

Douglas, Kevin, Bressan, Arthur Chaves e Bruno Cortez; Eduardo (Dentinho), Raniele (Jean Pyerre) e Bruno Silva; Morato (William Pottker), Muriqui (Rômulo) e Bissoli – 4-3-3Técnico: Eduardo Barroca

Juventude

César; Rodrigo Soares (Thalisson), Paulo Miranda, Vitor Mendes e Busanello (Paulo Henrique); Yuri (Jean) e Jadson; Paulinho Moccelin, Chico e Oscar Ruiz (Guilherme Parede); Pitta (Vitor Gabriel) –4-2-3-1Técnico: Eduardo Baptista.

Arbitragem

Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP)
Assistente 1: Evandro de Melo Lima (SP)
Assistente 2: Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
VAR: Pericles Bassols Cortez (SP)
Quarto árbitro: William Machado Steffen (SC)


Compartilhe: