Sem criatividade, Grêmio empata com o Vila Nova na Série B do Campeonato Brasileiro

Em Goiânia, o Grêmio empatou em 0 a 0 com o Vila Nova, em jogo válido pela nona rodada da série B do Campeonato Brasileiro.

Compartilhe:
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

 

Em Goiânia, o Grêmio empatou em 0 a 0 com o Vila Nova, em jogo válido pela nona rodada da série B do Campeonato Brasileiro. O jogo foi realizado neste sábado (29).

Com o resultado, o tricolor gaúcho chega a quatro jogos sem vencer na Série B e segue de fora do G-4. Neste momento, o Grêmio está na quinta posição com 13 pontos.

Dentro de campo, Roger Machado repetiu o esquema utilizado na partida contra o Glória de Vacaria, aos escalar o time em um 3-5-2, com três zagueiros.

Diante do vice-lanterna da competição, o Grêmio não conseguiu ser criativo dentro de campo. Após o início promissor, o time gremista caiu de desempenho na partida e foi perdendo força ofensiva.

Já o Vila Nova, mesmo sem qualidade técnica, conseguiu levar perigo. Brenno teve de trabalhar em vários momentos dentro do jogo.

No primeiro minuto de jogo, o Grêmio chegou com muito perigo no ataque. Pela direita, Diego Souza chutou cruzado e o goleiro adversário espalmou. No rebote, Bitello tentou a finalização, mas estava sem ângulo.

Aos 3 minutos, a equipe gremista seguiu pressionando a defesa do Vila Nova. Bitello tentou o chute forte, de longe, mas Tony encaixou a bola.

Brenno só precisou trabalhar aos cinco, quando afastou a chance adversária, após um cruzamento na pequena área do Vila Nova.

Aos 9 minutos de jogo,  Villasanti cruzou próximo da linha de fundo para Diego Souza, que marcou, mas a arbitragem viu falta do paraguaio no atleta do Vila Nova.

Depois do gol anulado, a partida perdeu intensidade. Sem criatividade, o time do Grêmio só trocava passe e não conseguia ser objetivo.

Foi nos minutos finais, que o Tricolor retomou a intensidade. Aos 47 minutos, Campaz cobrou falta e a zaga do Vila Nova conseguiu afastar a tempo. No escanteio, a bola foi na cabeça de Rodrigues, que subiu mais que todo mundo, finalizou no canto do goleiro Tony, mas ele fez uma grande defesa.

Segundo tempo

Roger voltou para o segundo tempo com uma mudança na equipe. Mas quem iniciou assustando foi o Vila Nova. Logo na saída do meio-campo, o time mandante fez uma jogada ensaiada e Pablo Dyego saiu cara a cara com Brenno, que fez a defesa.

Os goianos ficaram com o rebote e Daniel Amorim teve a chance em cabeçada que só não virou gol porque Bruno Alves salvou quase em cima da linha.

A arbitragem precisou consultar o VAR para um possível toque de mão no lance, mas mandou a partida seguir. Após esse lance, Grêmio e Vila Nova fizeram um jogo bastante intenso, mas foram poucos lances de perigo.

O próximo desafio do Grêmio é contra o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro. A partida acontece na próxima quinta-feira (2), às 20h.


Compartilhe: