Governador do RS manifesta interesse do Estado em receber o South Summit 2023

O prefeito de Porto Alegre defendeu que a Capital tem a obrigação de organizar um South Summit Brasil maior e melhor em 2023.

Compartilhe:
Governador entrega para María Benjumea documento que formaliza o interesse do Estado em receber novamente o South Summit – Foto: Felipe Dalla Valle / Palácio Piratini

 

Depois de três dias às margens do Guaíba, no Cais Mauá, em Porto Alegre, a edição brasileira do South Summit chegou ao fim nesta sexta-feira (6). Foi a primeira vez que o evento global de inovação e tecnologia ocorreu fora da Europa.

O governador do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, participou do encerramento do evento.

“Foi uma alegria muito grande trazer o South Summit para o Rio Grande do Sul. Mais de 20 mil pessoas de 50 países circularam por esses armazéns do cais durante os últimos dias. Esses números falam por si só. Teremos um Rio Grande do Sul antes deste evento e outro depois. Foi certamente um divisor de águas para o empreendedorismo, a tecnologia e a inovação no Estado”, ressaltou.

No encerramento, o governador entregou um ofício à fundadora do South Summit, a espanhola María Benjumea, formalizando o interesse do Estado em receber novamente o evento na sua próxima edição, em 2023.

A intenção, como manifestado no documento, é de que ele seja realizado entre 23 e 26 de março, na semana do aniversário de Porto Alegre.

Ainda durante a cerimônia, María Benjumea foi homenageada pela Câmara de Vereadores da Capital, recebendo o título de Cidadã de Porto Alegre. A deferência foi proposta pelo prefeito Sebastião Melo.

Outro destaque do encerramento foi o tão aguardado resultado da competição de startups, que teve mil projetos inscritos e 50 finalistas. A grande vencedora foi a startup YoursBank, que desde o ano passado funciona no Instituto Caldeira, em Porto Alegre.

Outras duas startups porto-alegrenses também foram premiadas. A Pix Force venceu na categoria startup mais inovadora e a A-Prix na categoria melhor time.

A edição brasileira do South Summit termina com o saldo de 20 mil participantes de 50 países, mais de 500 palestrantes, 500 investidores, mais de 3 mil startups e 8 mil empresas envolvidas.

Organização

Melo defendeu que Porto Alegre tem a obrigação de organizar um South Summit Brasil maior e melhor em 2023.

“Estamos irmanados e vamos de mãos dadas construir um evento em mais galpões do Cais Mauá e com um número ainda maior de pessoas”, disse o prefeito na cerimônia de encerramento.

Ele adiantou que a Capital já terá no orçamento do próximo ano os recursos para a sua parte na realização do South Summit 20203.


Compartilhe: