Com dois de Edenilson, Inter vence o Independiente Medellín e é líder do Grupo E da Sul-Americana

O Colorado só perde a liderança se o Guaireña, que enfrenta o 9 de Outubro na noite desta terça-feira no Equador, vencer a partida por dois gols de diferença

Compartilhe:

Em noite de frio e vendaval no Rio Grande do Sul, o Inter venceu por 2 a 0 o Independiente Medellín, da Colômbia, pela quinta rodada do Grupo E da Sul-Americana. A partida foi realizada na noite desta terça-feira (17), em um Beira-Rio que, devido às condições do tempo, acabou não tendo grande público.

A vitória veio praticamente sem sustos e serviu para o Inter adquirir saldo para a disputa da vaga na próxima fase da competição continental. Os dois gols que melhoraram a condição do Inter na competição foram marcados por Edenilson, que foi o nome do jogo.

Primeiro tempo

O Inter começou já tentando apertar a defesa da equipe colombiana, que era bem montada e tinha bom toque. A primeira chance veio aos 9, com Edenilson, após roubada de bola no meio campo.

O Inter estava bem. Aos 12, Wanderson teve chute bloqueado. Aos 16, de novo Wanderson. Dessa vez ele interceptou um passe na saída de bola adversária. Ele avançou e, próximo da área, chutou para defesa de Marmolejo.

Aos 18, o gol, que já estava amadurecido. Wanderson acionou David. Ele dominou se antecipando ao goleiro e cruzou para Edenilson, que colocou nas redes. Na comemoração, Edenilson ergueu o punho em gesto contra o racismo, uma referência ao caso do último jogo contra o Corinthians pelo Brasileiro.

E o Inter não parava. Aos 21, Edenilson dominou na direita e cruzou rasteiro. O goleiro interveio. Até o meio da primeira etapa, o Medellín não havia chegado na área de Daniel.

A partir dos 30, o Inter passou a explorar mais os erros do adversário. Aos 32, em um contra-ataque, quase gol de Bustos. Depois, aos 38, em nova escapada, Wanderson avançou pela direita e lançou De Pena, que, na área, chutou na defesa.

Segundo tempo

O Inter entrou no segundo tempo pensando em fazer saldo. De Pena desperdiçou um ataque, finalizando novamente no zagueiro. Depois, um cruzamento passou pela área e nenhum atacante colorado conseguiu colocar a cabeça.

O Medellín precisava fazer algo. E começou a tentar pressionar a saída do Inter.

Mas a noite era de Edenilson. Aos 11, ele recebeu na entrada da área e deu um belo chute de canhota, no ângulo de Marmolejo.

E o Inter queria mais. Aos 17, Wanderson – grande destaque técnico da partida, junto com Edenilson – fez boa jogada e encontrou David. Ele entrou sozinho na área e chutou no goleiro. No rebote, Bustos chutou na rede pelo lado de fora.

Mano fez trocas aparentemente para renovar o fôlego. E o Inter mantinha o ritmo. Aos 34, Wanderson puxou pro meio e chutou para defesa de Marmolejo.

Aos 39, uma blitz colorada gerou três finalizações na sequência. Primeiro, Estevão e Bruno Méndez pararam no goleiro Marmolejo. Depois, Edenilson finalizou à direita.

Situação e próximos jogos

O Inter tem agora nove pontos e é líder o Grupo E da Sul-Americana. O Colorado só perde a liderança se o Guaireña, que enfrenta o 9 de Outubro na noite desta terça-feira no Equador, vencer a partida por dois gols de diferença.

O próximo jogo do Inter pela Sul-Americana é na próxima terça-feira (24), às 21h30, contra o 9 de Outubro, no Beira-Rio. Antes disso, o Inter joga no sábado (21) pelo Campeonato Brasileiro. A partida é contra o Cuiabá, na Arena Pantanal, às 21h.

Escalações

Inter

Daniel; Bustos (Heitor), Vitão, Bruno Méndez e Renê (Moisés); Dourado, Edenilson, Mauricio (Estêvão), De Pena (Liziero); Wanderson e David (Alemão) –4-4-2Técnico: Mano Menezes

Independiente Medellín

Marmolejo; Arboleda, Víctor Moreno, Cadavid e Gómez (Pardo); Adrián Arregui e Juan Díaz (Ricaurte), Mosquera, Pineda (Cambindo) e Vladimir Hernández (Castrillón); Luciano Pons (Juan Cuesta) –4-2-3-1Técnico: Julio Comesaña

Arbitragem

Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Assistente: Ezequiel Brailovsky (ARG)
Assistente: Facundo Rodríguez (ARG).


Compartilhe: