Apuração do Carnaval de Porto Alegre é interrompida por confusão e fotógrafo é agredido

A Brigada Militar teve de agir e apuração foi retomada no Complexo Cultural do Porto Seco.

Compartilhe:
Foto: reprodução de vídeo / Divulgação

Cenas de violência foram registradas durante a divulgação das notas das escolas de samba de Porto Alegre. Após divulgação das notas dos jurados, apuração da Série Ouro do Carnaval da Capital foi interrompida na tarde desta terça-feira (10) por uma confusão no Complexo Cultural do Porto Seco.

De acordo com as primeiras informações, a confusão envolveu os carnavalescos da Restinga que acompanhavam a divulgação das notas. O fotógrafo do Correio do Povo, Mauro Schaefer, foi agredido e teve seu equipamento quebrado pelos carnavalescos.

A Brigada Militar teve de agir e apuração foi retomada no Complexo Cultural do Porto Seco. A Imperadores do Samba foi a grande vencedora na competição entre as agremiações da série Ouro, conquistando 159,9 pontos.

A Bambas da Orgia ficou com o segundo lugar, com 159,6 pontos, e a Imperatriz Dona Leopoldina, com 158,4 pontos, na terceira colocação.


Compartilhe: