Representantes de empresas de ônibus intermunipais pedem ajuda financeira ao Governo do RS

Perdas sofridas com a redução no número de passageiros transportados na pandemia e alta dos combustíveis são desafios às empresas.

Compartilhe:

O governador Ranolfo Vieira Júnior se reuniu, nesta segunda-feira (11), com representantes da RTI (Associação Rio-grandense de Transporte Intermunicipal). O encontro visou apresentar as demandas do setor, que pede ajuda financeira em função das perdas sofridas com a pandemia e a alta dos combustíveis.

A situação das associadas de transporte intermunicipal foi apresentada pelo presidente da RTI, Hugo Eugênio Fleck.

Diante das demandas, será criado um Grupo de Trabalho, que será liderado pelo secretário de Apoio à Gestão Administrativa, Agostinho Meirelles, para analisar as demandas e buscar alternativas para o setor. O grupo vai incluir representações das secretarias da Fazenda, Logística e Transportes, Casa Civil e Desenvolvimento Urbano e Metropolitano.

Para o governo, é preciso conhecer mais os problemas enfrentados pelas empresas e tomar atitudes. “É preciso pensar nas questões emergenciais, mas também em medidas que tenham efeitos em longo prazo”, disse o governador.

Participaram da reunião, além do secretário Agostinho Meirelles, o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos, o secretário de Logística e Transportes, Luiz Gustavo de Souza, o diretor-geral do Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem), Luciano Faustino, e o secretário de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano, Carlos Mallmann.


Compartilhe: