Presidente da Ucrânia demite 2 altos funcionários do governo por “traição”

Em um vídeo publicado na noite desta quinta-feira (31), o mandatário não disse quem foram as pessoas nem os cargos ocupados.

Compartilhe:

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, anunciou a demissão de dois altos funcionários do governo por “traição”.

Em um vídeo publicado na noite desta quinta-feira (31), o mandatário não disse quem foram as pessoas nem os cargos ocupados.

“Hoje uma nova decisão foi tomada por conta dos anti-heróis. Não tenho tempo de cuidar dos traidores, mas um pouco de cada vez eles serão punidos. Aqueles que rompem com o juramento de fidelidade ao povo ucraniano serão inevitavelmente privados de seus graus militares”, disse Zelensky.

Segundo a mídia local, os dois seriam membros do alto escalão do serviço de segurança nacional e estariam repassando informações sigilosas para a Rússia.

Esse é um dos raros momentos em que Zelensky mostrou um problema entre os representantes de Kiev desde o início dos ataques russos em 24 de fevereiro. O governo, que antes da guerra sofria com sua baixa popularidade, deu inúmeros sinais de força e de união e conseguiu voltar a ter a confiança dos ucranianos.


Compartilhe: