Guardiola é sonho da CBF e pretende pagar R$60 milhões anuais ao técnico

Compartilhe:
Já é quase certa a confirmação de que Tite irá se despedir da seleção brasileira após o término da Copa do Mundo de 2022 e existem alguns nomes que podem ser sondados para a vaga de técnico da equipe pentacampeã. Um dos nomes que está vindo à tona é o do Pep Guardiola, técnico do Manchester City que vem fazendo uma excelente campanha com a equipe inglesa. Veja tudo que se sabe sobre esta negociação.

Pep Guardiola está na mira da CBF

Não é de hoje que o nome Pep Guardiola é sondado pela seleção brasileira, a muito tempo atrás, lá em 2012, o técnico, na época no Barcelona, o técnico demonstrou interesse em liderar a seleção canarinho. Porém o assunto ficou sem final definido, conforme relatado por Daniel Alves na época, quando ele era da equipe de Pep. Na época, o presidente da CBF não avançou com os planos. O assunto voltou à tona novamente agora na gestão de Ednaldo Pereira, atual presidente da CBF que demonstra interesse pessoal por Guardiola e busca fortemente pela escalação do lendário técnico para a equipe brasileira após a saída de Tite. Segundo a revista espanhola Marca, a CBF vem sondando o técnico e está disposta a pagar uma bagatela equivalente a $12 milhões de euros anuais (mais de $60 milhões de reais) até 2026. Existem alguns dilemas em torno desta situação, primeiramente, Guardiola tem contrato com o Manchester City até junho de 2023 e a Copa irá terminar este ano ainda e a seleção ficaria em um hiato sem técnico. Outra, é que o valor da proposta que já é bem caro está abaixo dos $20 milhões de euros atuais do técnico, a vinda dele, seria também pelo prestígio de liderar a melhor seleção do mundo.
Foto: Divulgação
  O assunto corre em segredo, como já dito por Ednaldo Pereira “Discutiremos o assunto após acabar a Copa”, apesar desta declaração a sondagem está acontecendo paralelamente. Pep Guardiola também foi questionado sobre o tema e desconversou sobre o assunto. Resumidamente ele disse que este era um caso encerrado e que o Brasil possui bons treinadores. Pelo visto, este assunto parece coisa para depois da Copa do Mundo de 2022, tanto para CBF quanto para Guardiola. Mais recentemente, o técnico também desconversou o assunto em coletiva dada a imprensa inglesa e veiculada pelo Mirror, veja a declaração traduzida do técnico: “Estou aqui sob contrato. Estou tão feliz aqui. Agora não é o momento (para discutir). Não sei de onde é que isso vem”. Atualmente a CBF passa por grande reestruturação, principalmente em sua Comissão de Arbitragem, mas também está de olho na Copa do Mundo de 2022 e no desempenho da seleção de Tite. Isto porque a seleção brasileira lidera o ranking de melhor seleção do mundo da FIFA sendo uma das favoritas a campeã, isto também, é refletido nas probabilidades das apostas em plataformas líder de futebol como a Rivalry.

Guardiola acumula as conquistas mais importantes da Europa

Foto: Divulgação
  Para quem não conhece o legado do técnico, Guardiola é um dos maiores técnicos do século XXI, acumulando importantes conquistas durante sua trajetória em importantes times europeus. Iniciou sua sequência de conquistas com o Barcelona no período entre 2008 e 2012 da equipe. Nesta época o Barça de ouro o Barça tinha jogadores como Puyol, Iniesta, Daniel Alves, Messi e outros. Com o Barcelona ele foi 2 vezes campeão da Champions League, ganhou a La Liga 3 vezes e o Mundial de Clubes 2 vezes. Após a fase épica do Barcelona, Guardiola foi para o Bayern de Munique onde também fez história ganhando 3 Bundesligas e também conquistou uma Liga da Europa Uefa. Em sua mais recente empreitada o técnico está no Manchester City desde 2016, mesma equipe de Gabriel Jesus e também acumulou importantes conquistas. Destas podemos citar 3 Premier League e mais 4 taças da Copa da Liga Inglesa, atualmente junto ao Manchester City está indo bem na Champions League, sendo um dos favoritos ao título.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: