Grêmio vence o Ypiranga e é pentacampeão Gaúcho

Grêmio controlou as ações e abriu vantagem no placar com competência

Compartilhe:

O Grêmio venceu o Ypiranga de Erechim por 2 a 1 e é campeão gaúcho pela quinta vez consecutiva. A partida foi realizada na tarde deste sábado (2), na Arena. No jogo, apesar da alta competitividade, não houve sustos para o Tricolor, que controlou as ações e abriu vantagem no placar com competência.

Primeiro tempo

A tônica dos primeiros minutos foi a mesma de Erechim. O Ypiranga trocava passes e o Grêmio se fechava, buscando os espaços. O primeiro lance veio com Campaz, aos 9.

Aos 10, o Grêmio já dominava as ações. Aos 13, o goleiro Edson teve de dividir uma bola quando só restava ele e o atacante gremista no lance.

Aos 21, o Ypiranga conseguiu assustar em um lance de bola parada na área gremista. Neste momento, o jogo já não tinha desequilíbrio na posse de bola e havia muitas transições de lado a lado.

Na parte final, o Grêmio assumiu o controle. Aos 39, um lance terminou com desentendimento entre Ferreira e Porfírio. Ambos foram amarelados por Vuaden. Os minutos finais tiveram um pouco mais de tensão de ambos os lados.

Até que, perto do fim da etapa inicial, o Grêmio conseguiu uma falta perto da área do Ypiranga. Bitello bateu na trave e, após Rodrigues vencer a disputa de cabeça, a bola chegou em Bruno Alves, que cabeceou para as redes de Edson.

Bruno Alves marcou o primeiro do Grêmio – Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Segundo tempo

O Ypiranga não foi ao ataque nos primeiros minutos da etapa final. Mesmo com o resultado contrário, a equipe de Erechim via o Grêmio ter mais a bola.

Aos 16, o Tricolor teve uma boa chegada pela esquerda, com Diogo Barbosa. Depois, aos 30, veio o segundo do Grêmio. Em uma cobrança de falta de Campaz, Villasanti finaliza e Edson defendeu. No rebote, Rodrigues colocou nas redes. Vuaden foi ao VAR mas, em seguida, confirmou o gol.

No lance seguinte, o Ypiranga descontou. Erick recebeu de carrinho um cruzamento da direita. O gol serviu para o Grêmio não se desfocar na partida. Aos 38, Ferreira quase marcou.

Já nos acréscimos, Jefferson exigiu boa defesa de Brenno. Depois, o Grêmio ainda perigou novamente, mas os minutos finais foram o momento da torcida do Grêmio fazer a festa e dar seu espetáculo.

Situação e próximos jogos

O Grêmio conquista o Gauchão pela 41ª vez. Essa também foi a quarta vez que o clube alcançou o pentacampeonato da competição regional. Agora, o foco é na Série B. O Grêmio estreia na segunda divisão no próximo sábado (9), contra a Ponte Preta. A partida será realizada no Moisés Lucarelli, em Campinas, às 16:30.

Já o Ypiranga se prepara para a disputa da Série C do Brasileirão. Após a ótima campanha no regional, a equipe de Erechim estreia também no sábado (9), contra a Aparecidense-GO. A partida será jogada no Colosso da Lagoa, às 11h.

Escalações

Grêmio
Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Diogo Barbosa; Villasanti, Lucas Silva (Thiago Santos) e Bitello (Benítez); Campaz (Janderson), Elias (Churín) e Ferreira (Gabriel Silva) – 4-1-4-1Técnico: Roger Machado

Ypiranga
Edson; Gedeílson, Carlos Alexandre, Bruno Bispo e Diego Porfírio; Lorran (Robson, e depois Jefferson) e Falcão; Matheus Santos (Gabriel Rossetto), Marcelinho (Cesinha) e Erick; Hugo Almeida (Rodrigo Carioca) – 4-5-1Técnico: Luizinho Vieira 

Arbitragem

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden,
Auxiliar: Rafael da Silva Alves
Auxiliar: Tiago Augusto Kappes Diel
VAR: Adriano Milczvski (PR).


Compartilhe: