Grêmio desperdiça pênalti e fica no empate com a Ponte Preta na estreia da Série B

Na coletiva, o técnico do Grêmio comentou sobre a questão de deixar de somar três pontos fora de casa.

Compartilhe:
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

 

O Grêmio iniciou a trajetória na Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado (9). No Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o tricolor gaúcho empatou em 0 a 0 com a Ponte Preta.

O jogo começou bem movimentada, com o Grêmio chegando no ataque. Aos 2 minutos de jogo, Ferreira colocou a bola na área e ela sobrou para Lucas Silva na frente do gol. O chute passou rasteiro rente à trave.

Aos 5 minutos de jogo, o time da Ponte Preta colocou o goleiro do Grêmio para trabalhar. Após cobrança de falta, Fessin a mandou a bola pra área, Brenno tirou de soco e Rodrigues afastou.

As chegadas mais perigosas eram do Grêmio.  Aos 18 minutos, mais uma vez, o time de Roger Machado quase marcou. Campaz cobrou escanteio na cabeça de Bruno Alves que, livre, mandou para fora.

Aos 20 minutos do primeiro tempo, o árbitro marcou pênalti para o Grêmio. Elias foi derrubado na área. Lucas Silva bateu e perdeu a cobrança. O Grêmio seguiu no ataque, pressionando a equipe adversária e dominando as ações.

Já a Ponte Preta tinha dificuldades e não dava trabalho ao goleiro Brenno. Aos 46, o Grêmio teve outra grande chance. Elias recuperou a bola na intermediária e, sozinho, avançou em velocidade pela esquerda, puxou para a perna direita, bateu colocado e a bola foi para fora.

Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Segundo tempo

No segundo tempo, a Ponte Preta iniciou trocando passes e buscando o gol, mas a equipe paulista seguia não dando trabalho ao goleiro Brenno.

Aos 11 minutos, o time gremista chegou com perigo. Ferreira, em jogada individual, passou por todo mundo e arriscou, mas finalizou para fora. Na sequência, mais uma grande chance. Primeiro, Campaz arriscou de fora da área e o goleiro adversário espalmou. No rebote, Bitello, dentro da área, chutou e mandou pela linha de fundo.

Sem criatividade dentro de campo, a equipe da casa apenas arriscava de longe. Nos minutos finais o Grêmio seguiu pressionando, mas não conseguiu abrir o marcador. Com o resultado, o tricolor gaúcho soma um ponto na tabela.

O próximo desafio do Grêmio será contra Chapecoense na Arena. A partida acontece na sexta-feira (15), às 19h.

Coletiva

“O campo muito regular permitiu que fizemos um jogo mais técnico, mas iremos encontrar campos que precisaremos ter mais capacidade física, ganhar bola mais pelo alto”, disse o técnico do Grêmio.

Na coletiva, Roger também comentou sobre a questão de deixar de somar três pontos fora de casa.

“Temos que avaliar vários aspectos. Me preocupa na medida que não se cria as oportunidades, mas a gente criou muito. Se tem coisas que eu trabalho incessantemente são passes, domínios e finalizações”, ressaltou.

Denis Abrahão, vice de futebol do Grêmio, disse que a equipe gremista foi superior.

“Só teve um time em campo que quis jogar, que se impôs. A Série B tem enormes dificuldades, e que vamos enfrentar daqui para frente. Time fechado, jogo viril, arbitragem complicada, pontapés, mas nada diferente do que imaginávamos”, salientou o dirigente.

 


Compartilhe: