Com estabilidade de indicadores, governo do RS não emite Alertas ou Avisos para as Regiões Covid

De acordo com o governo do Estado, nos últimos sete dias, a média móvel de casos confirmados apresentou redução de 18%.

Compartilhe:

Após reunião do Gabinete de Crise desta quarta-feira (20), o governo do Estado não emitiu Alertas ou Avisos no Sistema 3As de Monitoramento, responsável pelo gerenciamento da pandemia no Rio Grande do Sul.

É a sexta semana em que o Estado não dispara Alertas ou Avisos. De acordo com o governo do Estado, nos últimos sete dias, a média móvel de casos confirmados apresentou redução de 18%. Assim, a incidência semanal é de 110,1 casos por 100 mil habitantes.

No mesmo período, o número de internados, entre suspeitos e confirmados, aumentou 9% – 23 internações em leitos clínicos e redução de 14 em UTI. A taxa de ocupação das UTIs do Estado está em 65,3%, confirmou o governo gaúcho.

A média móvel dos últimos sete dias de internados em leitos clínicos, entre suspeitos e confirmados, é de 297, uma redução de 11,9% em relação à semana passada. Já a média móvel de internados em UTIs, entre suspeitos e confirmados, é 135, 7,5% inferior à semana passada.

Nesta semana, foram contabilizados 49 óbitos, uma média de sete mortes por dia. Isso representa queda de 10,9% em relação à semana anterior.

O governo do Estado segue chamando atenção para a importância da busca pela dose de reforço.

“Até o momento, 87,1% da população residente do Estado já fez uma dose ou a dose única; 78,8% está com o esquema vacinal primário (duas doses ou dose única) e 48,4% das pessoas já tomaram as três doses do imunizante contra covid-19”, afirmou.


Compartilhe: