Governo do RS não emite Aviso ou Alerta pela quarta semana consecutiva

A decisão se deu por conta da melhora significativa dos indicadores apresentados, aproximando-se aos patamares do início da pandemia.

Compartilhe:
Porto Alegre, RS | 04/09/2021 | Foto: Cristine Rochol/PMPA

O Gabinete de Crise definiu que o Estado não emitirá Alertas e Avisos para as regiões Covid do Sistema 3As de Monitoramento. A decisão se deu por conta da melhora significativa dos indicadores apresentados, aproximando-se aos patamares do início da pandemia. Esta é a quarta semana consecutiva sem emissões.

“Depois de um período com um grande crescimento de casos pelo alto contágio da variante ômicron, vemos agora uma queda muito representativa nos indicadores apresentados. A expectativa é de que a tendência siga sendo a de redução destes números. Por isso, nenhuma região do Estado receberá Avisos ou Alertas”, afirmou o governador Ranolfo Vieira Júnior. Essa foi a primeira reunião do Gabinete de Crise desde a sua posse, na quinta-feira passada (31).

Na última semana, a média móvel de casos confirmados apresentou uma redução de 23%, registrando uma incidência semanal de 154,2 casos por mil habitantes. Durante o período, houve uma queda de 98 no número de internados suspeitos e confirmados da doença, sendo 51 em leitos clínicos e 47 em UTIs. Foram registrados 101 óbitos nesta semana, com uma média de 14,4 mortes por dia.

A média móvel de sete dias de internados em leitos clínicos, entre suspeitos e confirmados, é de 349, o que significa uma redução de 13,4% quando comparado aos números da semana anterior. Em UTIs, a média móvel do mesmo período apresentou queda de 187 internados, 22% a menos que na semana anterior.

A taxa atual de ocupação de UTIs no RS é de 64,2%. O total de internados, contabilizando suspeitos e confirmados em leitos clínicos e UTIs no Estado, é de 482, número que se aproxima ao patamar do início da pandemia, em abril de 2020.


Compartilhe: