Festa clandestina é encerrada após denúncia anônima em Porto Alegre

O local, na avenida Bento Gonçalves, na zona leste de Porto Alegre, não tinha alvará de funcionamento e nem PPCI. Bar foi interditado

Compartilhe:

Uma festa clandestina foi encerrada na noite deste domingo (17), no bairro Agronomia, na zona leste de Porto Alegre. A ação ocorreu após uma denúncia anônima sobre perturbação do sossego em um bar na avenida Bento Gonçalves.

Conforme a Prefeitura de Porto Alegre, mais de cem pessoas estavam no bar, localizado na avenida Bento Gonçalves. O local não tinha alvará de funcionamento e nem Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios. O estabelecimento foi interditado.

Durante a ação, um drone também foi utilizado para auxiliar no monitoramento do espaço. “Mais uma vez, a nossa ação integrada evitou a realização de um evento clandestino, que poderia colocar em risco a segurança dos frequentadores. A ação também garantiu a ordem pública”, afirma o secretário-adjunto de Segurança, Comissário Zottis.

As denúncias podem ser realizadas de forma anônima para os canais 153 e 156. A ação foi coordenada pela SMSEG (Secretaria Municipal de Segurança) e contou com apoio da Romu (Ronda Ostensiva) da Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros, Brigada Militar, equipe volante da Polícia Civil e agentes da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação).

Ofensivas durante o feriadão

Diferentes ações de segurança e fiscalização da SMSEG foram realizadas durante o final de semana em pontos distintos da Capital. Na manhã deste domingo, ambulantes sem autotização foram abordados no Parque Farroupilha (Redenção). Após atuação das equipes, eles deixaram o local. A operação buscou coibir o comércio ilegal e assegurar a atividade de artesãos cadastrados.

Além disso, dispersões de aglomerações ocorreram na noite deste sábado, 16, na Praça Julio Mesquita, em frente à Usina do Gasômetro, e no bairro Cidade Baixa. A ação ocorreu após denúncias de perturbação de sossego.


Compartilhe: