Governo anuncia plano para reduzir fila para realização de provas práticas da CNH no Rio Grande do Sul

O projeto para reduzir fila das provas práticas foi anunciado ao mesmo tempo que o governador confirmava o nome do novo diretor-geral do DetranRS

Compartilhe:
Prova prática para habilitação. Foto: Detran RS

O governador Ranolfo Vieira Júnior anunciou um projeto para desafogar a lista de espera para a realização de provas práticas para a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) no Rio Grande do Sul. Em algumas cidades do Estado, a espera para a realização do exame prático varia de 30 a 90 dias. A demora é causada pelas restrições impostas pela pandemia da Covid-19 e do atraso na realização de exames durante o período mais crítico da doença.

O projeto foi anunciado ao mesmo tempo que o governador confirmava que o advogado Marcelo Soletti seria o novo diretor-geral do DetranRS. Soletti atuava desde 2019 como diretor-geral adjunto da autarquia. O novo diretor explicou a escolha das regiões onde o projeto será iniciado. “Vamos começar por esses polos porque são regiões que representam a maior parte deste passivo que queremos normalizar”, afirmou.

Conforme o governador Ranolfo, a ideia é diminuir a fila em seis meses. “Em função da pandemia, temos uma demanda represada de cerca de 110 mil candidatos aptos à realização do exame prático para a CNH. Com esse planejamento, nossa expectativa é que tenhamos isso regularizado até setembro”, disse o governador.

O projeto deve começar a ser executado a partir da próxima semana. Inicialmente, vão funcionar em horário prolongado e aos finais de semana as unidades da grande Porto Alegre, Passo Fundo, Caxias do Sul, Pelotas e Santa Maria.


Compartilhe: