Cidade Júlio de Castilhos decreta situação de emergência em função de temporal

Segundo os dados da Emater, os prejuízos decorrentes do temporal em Júlio de Castilhos já superam R$ 7 milhões.

Compartilhe:
Estragos causados pelo temporal. Foto: Divulgação/Prefeitura de Júlio de Castilhos

A Prefeitura de Júlio de Castilhos decretou situação de emergência em função do forte temporal que atingiu o município.

O documento foi assinado pelo prefeito Bernardo Quatrin Dalla Corte. Com a assinatura do decreto, a aquisição de bens, obras e prestações de serviços relacionados ao temporal ficam dispensadas de licitação.

Segundo os dados da Emater, os prejuízos decorrentes do temporal em Júlio de Castilhos já superam R$ 7 milhões. Os estragos começaram ainda na madrugada da terça-feira (26) a quando uma ventania derrubou galpões e árvores, e também destelhou casas e afetou lavouras do município.

As principais localidades atingidas foram Guassupi, Alvorada, Sobrado e Invernadinha.


Compartilhe: