Brigada Militar recebe 62 novas viaturas semiblindadas

Veículos Corolla totalizam investimento de R$ 11,7 milhões em reforço da frota de policiamento ostensivo

Compartilhe:
Porto Alegre, RS | 22.abr.2022 | Entrega de viaturas para Brigada Militar. Foto: Felipe Dalla Valle/ Palácio Piratini

A Brigada Militar do Rio Grande do Sul recebeu, na manhã desta sexta-feira (22), 62 novas viaturas semiblindadas. Os veículos serão usados para reforçar o policiamento ostensivo em 11 municípios no Estado. O investimento totaliza R$ 11,7 milhões.

Os veículos Corolla Sedan, foram entregues pelo governador Ranolfo Vieira Júnior em ato em frente ao Palácio Piratini. O governador estava acompanhado do secretário da Segurança Pública, coronel Vanius Cesar Santarosa, e do comandante-geral da BM, coronel Cláudio dos Santos Feoli.

A proteção instalada nos veículos é do nível III-A, que suporta disparos de todos os tipos de arma de mão, como pistola .40 e 9mm. A blindagem usa mantas com nove camadas do tecido de fibra de aramida, mais leve que o aço e com capacidade de resistência quatro vezes maior.

“Desde 2020, adotamos a decisão de adquirir somente viaturas semiblindadas, para proteger aqueles que efetivamente dão segurança para a sociedade gaúcha. Uma segurança que podemos constatar com os melhores números da última década. Um exemplo é o número de roubo de veículos. Em 2018, o Rio Grande do Sul fechou o ano com 16 mil veículos roubados. No ano passado, fechamos com menos de 5 mil roubos de veículos. Vamos seguir avançando ainda mais na redução de todos os indicadores”, afirmou Ranolfo.

Do total, 53 veículos foram adquiridos com recursos do Avançar na Segurança, iniciativa que usa recursos do Tesouro do Estado. A entrega desta sexta-feira (22) reúne o primeiro lote de Corollas adquiridos por meio do Avançar. A maior parte irá reforçar a frota dos batalhões subordinados ao CPC )(Comando de Policiamento da Capital) e a outra parte foi destinada ao CRPO-Serra (Comando Regional de Policiamento Ostensivo da Serra).

Os outros nove sedans foram adquiridos com recursos do PISEG (Programa de Incentivo ao Aparelhamento da Segurança Pública). O programa possibilita a empresários destinar até 5% do saldo devido de ICMS ao Estado para serem aplicados na compra de itens como veículos, armamentos, munições, capacetes, coletes balísticos, radiocomunicadores, equipamentos de rastreamento, de informática, bloqueadores de celular, câmeras e centrais de videomonitoramento.


Compartilhe: