ANTT decide suspender linhas de ônibus operadas pela Viação Itapemirim

A agência de transportes terrestres determinou que a Itapemirim realize viagens já vendidas por até 30 dias

Compartilhe:
Ônibus da Viação Itapemirim. Crédito: divulgação

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) decidiu, nesta quarta-feira (20), suspender a autorização para as linhas operadas pela Viação Itapemirim. A tradicional empresa de ônibus vive um processo de recuperação judicial. A Itapemirim pode ter a falência decretada pela Justiça nos próximos dias, se não apresentar um aditivo de seu plano de pagamento de credores.

Conforme a agência, a paralisação das operações deve ocorrer até que seja cadastrada frota compatível com as linhas a serem reativadas. A ANTT afirma que a medida visa assegurar a segurança dos usuários e manter a adequada prestação de serviço de passageiros.

A agência de transportes terrestres determinou que a Itapemirim realize viagens já vendidas por até 30 (trinta) dias após a publicação da Portaria. Ela deverá observar os direitos dos passageiros, inclusive com o reembolso de passagens, quando solicitado, ou então remanejamento para outras empresas.

Em 31 de março, a ANTT já havia suspendido a maioria das linhas regulares da empresa, mas manteve 26 delas, incluindo rotas que partem de São Paulo e Rio de Janeiro para capitais de Estados do Nordeste como Fortaleza, São Luis e Aracaju.


Compartilhe: