Santa Casa realiza procedimento inédito de crioablação de tumor renal

A crioablação renal é feita como mínimas incisões na pele para o posicionamento de agulhas no interior do tumor.

Compartilhe:
Foto: Carol Fornasier/Santa Casa

 

O Serviço de Radiologia Intervencionista da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre realizou a primeira crioablação de tumor renal.

O procedimento, até então inédito na instituição, contou com a participação do médico Rodrigo Gobbo, chefe do Serviço de Radiologia Intervencionista do Hospital Albert Einstein de São Paulo.

A crioablação renal é feita como mínimas incisões na pele para o posicionamento de agulhas no interior do tumor, que é tratado com o congelamento dos tecidos, proporcionando uma recuperação rápida e com mínima dor.

“A nova técnica permite um tratamento oncológico altamente eficaz e minimamente invasivo, com ampla preservação do tecido renal normal e reduzindo a possibilidade de perda de função do órgão. O caso em questão se tratava de um homem de 66 anos de idade “, disse  Alex Hörbe, o coordenador da equipe médica responsável pelo procedimento.

“E que já havia sido submetido a uma cirurgia prévia para retirada do outro rim, também por tumor, há dois anos, além de já possuir outras comorbidades. Todo esse contexto aumentava os riscos com os procedimentos mais tradicionais, levando a indicação da nova técnica”, completou o médico.


Compartilhe: