Ouça no Meio-Dia: Renúncia de Eduardo Leite e mais notícias da manhã

Confira as principais notícias da manhã desta terça-feira, 29 de março de 2022, no podcast Meio-Dia.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

O governador Eduardo Leite anunciou, nesta segunda-feira, a renúncia de seu cargo. A decisão, comunicada em coletiva no Palácio Piratini, ocorre após três anos e três meses à frente do Executivo gaúcho. Leite também confirmou sua permanência no PSDB. Em sua manifestação, Leite não escondeu que sua intenção é participar das próximas eleições de outubro deste ano, a qual classificou como a mais importante da história recente do País. Os planos do agora ex-governador não vêm de hoje. Em novembro do ano passado, Eduardo Leite acabou derrotado pelo atual governador de São Paulo, João Doria, nas prévias do partido para disputa do cargo de presidente da República. Em sua fala, Leite argumentou que as prévias não são uma corrente para a legenda. Até que haja uma definição, é preciso cumprir a transferência do cargo. Nos próximos dias, será oficializada a posse do vice-governador Ranolfo Vieira Júnior.

A Prefeitura de Porto Alegre começou, nesta terça-feira, a aplicação da quarta dose da vacina contra Covid-19 para idosos com 80 anos ou mais. Para serem vacinados, os idosos devem ter recebido a terceira dose até 29 de novembro, o que significa o período de quatro meses. O atendimento será realizado de segunda a sexta-feira em oito locais: Centro de Saúde IAPI, Clínica da Família Álvaro Difini, Shopping João Pessoa, e nas Unidades de Saúde São Carlos, Chácara da Fumaça, Tristeza, Cristal e Vila Jardim. No momento da aplicação da dose, os idosos devem apresentar documento de identidade com CPF e carteira de vacinação com o registro das doses anteriores. De acordo com o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, 32.222 mil idosos receberam a dose de reforço há quatro meses e estão aptos a receber a quarta dose.

O Departamento Municipal de Água e Esgotos de Porto Alegre, o Dmae, vai executar um serviço na zona norte nesta quarta-feira. Com isso, o abastecimento de água será interrompido em parte dos bairros Farrapos, Humaitá e Navegantes, a partir das 9h. A previsão de retorno da água é para a noite. Segundo a prefeitura, o Dmae vai realizar mais uma interligação da rede de água existente no bairro Farrapos com a rede nova que foi lançada na região. O local dos trabalhos será a avenida Frederico Mentz esquina da rua Venezuela. Ainda de acordo com a prefeitura, a programação poderá ser alterada por motivos técnicos ou climáticos.

A sexta-feira foi movimentada no âmbito do governo federal. Primeiro, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, pediu exoneração de seu cargo. O pedido veio depois de o jornal Folha de São Paulo divulgar um áudio em que o agora ex-ministro diz favorecer, a pedido de Bolsonaro, prefeituras de municípios ligados a dois pastores. Ribeiro nega as acusações. Depois, houve o anúncio da demissão do presidente da Petrobras, o general Joaquim Silva e Luna. Decisão ocorre em meio à pressão por conta do aumento no preço dos combustíveis. Em seu lugar, assume o economista Adriano Pires. Por fim, o presidente Jair Bolsonaro acabou dando entrada no Hospital das Forças Armadas, em Brasília, já no período da noite de ontem. Bolsonaro se sentiu indisposto no Palácio do Planalto. A internação aconteceu para a realização de exames e para verificar a suspeita de nova obstrução intestinal. Bolsonaro deixou o Hospital no começo da manhã desta terça-feira.

Uma frente fria chegou ao Rio Grande do Sul e provoca chuva nesta terça-feira no Estado. As precipitações aparecem entre a tarde e a noite, quando existe a previsão de chuva isolada na Fronteira Oeste, Campanha, Região Sul e Região Central. Há risco de chuva forte e de temporais isolados com raios, vento e granizo nestas regiões. Antes da chegada da chuva, o calor ganha força e o tempo fica mais abafado na Região Central e na Região Metropolitana. Máximas de 33°C Porto Alegre e Canoas, 30°C em Rio Grande e Pelotas, e 34°C em Lajeado. Na quarta-feira, desde a madrugada, as instabilidades avançam para as demais áreas da metade Sul e se espalham para o restante do Estado ao longo do dia. A tendência é que o tempo fique estável novamente na quinta-feira, quando as temperaturas diminuem significativamente em todo o território gaúcho.


Compartilhe: