Polícia faz buscas a homem suspeito de matar a companheira a facadas em Alvorada

Vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Compartilhe:

Uma mulher de 35 anos foi encontrada morta com sinais de golpes de arma branca em Alvorada, na região metropolitana de Porto Alegre. O crime ocorreu por volta das 21h da noite de ontem (22), no bairro Jardim Alvorada.

Conforme a Brigada Militar, a corporação foi acionada para atender um caso de violência doméstica através do número 190. Uma guarnição foi encaminhada para o local informado e, ao chegar ao local, encontrou a vítima com ferimentos similares a de uma faca no rosto e no tórax.

Logo em seguida chegaram paramédicos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que prestaram os primeiros socorros à vítima. Ela foi estabilizada e transferida, em estado grave, para o Hospital de Alvorada.

No entanto, o quadro continuou evoluindo devido aos ferimentos. A morte da mulher foi declarada pouco tempo depois, causada pelos ferimentos sofridos. A identidade dela não foi divulgada pela autoridade policial.

O principal suspeito do feminicídio, quando a vítima é morta por um homem pelo simples fato de ser mulher, é o companheiro. O homem, de 46 anos, teria fugido do local após agredir a mulher. Ele não foi encontrado em buscas realizadas pela Brigada Militar.

Conforme a Polícia Civil, a vítima não tinha feito queixas por violência familiar contra o indivíduo. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios de Alvorada. Buscas pelo indivíduo prosseguem sendo realizadas.

Denúncias sobre violência doméstica podem ser realizadas através dos telefones 190, da Brigada Militar; pelo 181, do Disque-Denúncia; ou pelo 180, da Central de Atendimento à Mulher.


Compartilhe: